Resenhas

Blogagem Coletiva: Obras que marcaram minha vida #leiaseja

30 de outubro de 2017

......

Minha vida de leitora começou quando eu tinha mais ou menos 18 anos. Estava no último ano do ensino médio e sempre observava uma amiga lendo um livro, mas até então nunca tinha me interessado pela leitura. Na verdade, achava que isso não era pra mim. Como eu ia conseguir ler um livro de mais de 300 páginas? Eu nunca achava que podia. Daí, um belo dia resolvi me aventurar numa história. E o primeiro livro que li era um best-seller  erótico na época chamado Cinquenta Tons de Cinza, de E.L. James. A trilogia Cinquenta Tons que abriu as portas para o mundo da literatura pra mim. Então, esses livro marcaram e iniciaram minha vida de leitora.

Depois disso, li muito outros livros eróticos, pois achava que nunca ia conseguir ler outro gênero além desse. Mas depois de um tempo tudo isso mudou. Adivinhem qual gênero comecei a amar? Distopia. Sim, meus amores, Suzanne Collins ganhou meu coração com a trilogia Jogos Vorazes. Katniss Everdeen é minha grande heroína! O que mais me marcou nessa trilogia foi a ambientação, o mundo rico que a autora criou. Falando em distopia, não poderia esquecer de da trilogia Divergente, de Veronica Roth, que também foi um marcou na minha vida.


Teve uma época que eu estava cansada de ler livros contemporâneos. Daí, por que não ler um clássico? Foi aí que eu comecei a ler romance policial escrito pela rainha do crime Agatha Christie. 'O assassinato de Roger Ackroyd' e 'O misterioso caso de styles' são os melhores livros de romance policial que já li em toda minha vida. E ainda nem li todos dela, viu? Sou apaixonada por esse gênero graças a Agatha.

Enfim, vida de leitor é assim: sempre descobrindo novos livros e horizontes, mas sem nunca deixar de ler, seja qual for o gênero.

SOBRE A LEIA.SEJA 

A Leia.Seja. é uma campanha realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros para valorizar o livro e seu papel transformador na sociedade.

Pedro Bial (Sherlock Holmes), Bela Gil (Capitu), Bernardinho (Capitão Rodrigo), Cauã Reymond (Dom Quixote), Washington Olivetto (Visconde de Sabugosa) e Baby do Brasil (Emília) vestiram sua paixão pelas histórias para transmitir a mensagem de que, ao ler, a pessoa é transportada para quantos lugares, sentimentos e reflexões a imaginação permitir, estimulando a criatividade, a inspiração e o saber. Confira o release completo.

Contamos com sua participação nessa ação durante as comemorações do Dia Nacional do Livro, celebrado no dia 29 de outubro, convidando o público a contar quais obras mais marcaram suas vidas. Curta a campanha no Facebook e no Instagram e use a hashtag #leiaseja!

Postado por Marina Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido!