Resenhas

Resenha: O Que Resta De Mim, de Thays M. de Lima

22 de março de 2017

......
Autora: Thays M. de Lima
Editora: Independente
Páginas: 423
Compre: Amazon
Adicione: Skoob

O Que Resta De Mim é o romance de estreia da blogueira, e agora autora, Thays M. de Lima. O livro conta história da jovem Gabriela à procura de um recomeço, visto que sofreu um trauma muito grande no passado. Confesso que gostei da leitura, apesar de algumas ressalvas que vou discorrer ao longo da resenha.

Gabriela é uma jovem de 19 anos que está prestes a entrar na faculdade no estado do Rio de Janeiro. A jovem teve sua infância roubada ao ser constantemente abusada sexualmente pela pessoa que devia amá-la e cuidar dela. Ela tinha um amigo, mas ele acabou se mudando para outro estado, nunca mais apareceu e nunca soube que Gabriela sofria abusos. Ela não tinha ninguém para contar sobre isso, nem sua própria mãe sabia, visto que trabalhava fora e os abusos aconteciam nesses momentos. Até que um dia Gabriela cansou de tudo isso e uma tragédia põe fim a essa terrível situação.

"Nove anos já haviam se passado e ainda não consigo me sentir bem nesse quarto, tudo aqui me faz lembrar aquele homem. Ele tirou a minha inocência e minha paz durante anos." — POSIÇÃO 470 KINDLE
Agora, a jovem quer mudar de vida, recomeçar e esquecer tudo que passou. Consegue passar em uma faculdade pública e acaba vivendo no alojamento da faculdade. Assim que chega na faculdade ela ver aquele alvoroço por conta do início das aulas, calouros e tal, e neste momento que ela conhece Guilherme.

Guilherme é um universitário devasso que está correndo de compromissos, até conhecer Gabriela. Ele consegue enxergar além do que ela quer mostrar e isso acaba deixando-a louca, visto que ela pensou que o passado tinha ficado para atrás, mas Guilherme consegue trazer tudo à tona. O passado  e o presente vão andar juntos nessa história e muitas feridas e mágoas virão à tona. 
Confesso que gostei da história. É um romance de estreia e a autora se saiu muito bem, apesar de algumas ressalvas. Ela tem uma escrita bem fluida, cativante que faz com que o livro transcorra rápido.

Contudo, algumas coisas me incomodaram na trama, como, por exemplo, faltou explorar um pouco do abuso que foi sofrido pela protagonista. Para uma pessoa que sofreu abuso, ela se esqueceu rapidamente do que aconteceu a partir do momento que conheceu Guilherme. Ela diz que tem medo de homens, mas conseguiu se entrosar logo de cara com Guilherme e seus amigos. Outras coisas que me incomodaram foram o excesso de reviravoltas, muitas coisas que ficaram sem resposta, Guilherme sendo um total machista, infantilidades e comportamentos que não condiz com uma pessoa de 19 anos. Ela tinha traumas? Tinha sim... Mas certas horas parece que ela esquecia desses traumas, sabe? Foi infantil, birrenta e uma coisa que odeio é protagonistas assim.

Mas o livro não só tem pontos negativos. Confesso que gostei muito da persistência de Guilherme e como ele cuidou da Gabi desde quando soube que tinha algo diferente com ela. É notório o amadurecimento dele e como o amor começou a falar mais alto. Enfim, para um romance de estreia, a autora se saiu muito bem. Espero que no próximo livro a autora possa sanar todas as nossas dúvidas e é por esse motivo que, com certeza, vou ler o próximo livro, visto que a autora terminou OQRDM de uma forma que dá um gancho para o próximo livro. O livro é narrado tanto por Gabriela como pela perspectiva de Guilherme e assim vemos o ponto de vista de ambos e conseguimos entender suas motivações.

No geral, gostei muito da leitura, apesar de alguns pontos negativos. É um romance que vale a pena ser lido.
Classificação: 4/5


Postado por Marina Santos

21 comentários:

  1. Olá,

    Gosto muito de livros com essa trama, mas vejo que muitas autores e autores pecam ao escrever livros do gênero. Sempre a mocinha ou o mocinho acabam esquecendo dos problemas que a vida já propocionaram, parece que a pessoa por quem eles encantam resolve tudo, e não é isso que acontece, isso foi muito da realidade e deixa a história um tanto superficial. Infelizmente vou deixar a dica passar ou ler outra obra da autora (caso ela for publicar), não quero sair falando que o livro é ruim só por causa da minha incomodação. Adorei a sinceridade da sua resenha! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  2. Caramba adorei o livro, a história dele parece ser muito boa e comovente! É muito bacana saber que é o livro de estreia de uma blogueira, isso da esperança para as que querem escrever também! A capa é muito bonita também! Adorei tudo!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  3. Que legal, sempre fico orgulhosa com um nacional conquistando um cantinho especial e ainda mais quando é uma blogueira que se tornou autora. E parece que o próximo vai ser bom também, eu gosto quando investem em contar a história por outra perspectiva, principalmente quando é da perspectiva de um personagem que eu goste.

    memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Sempre torço muito pelos nossos autores, e fico contente que mesmo com as ressalvas você gostou do livro, mas infelizmente essas ressalvas não passam muito para mim, e é motivo para muita irritação, então vou passar a dica.

    ResponderExcluir
  5. Ei Marina! Já ouvi muito o nome da Thays, e recentemente descobri que ela é autora, assim como eu, por uma parceira blogueira, que inclusive está bem empolgada com o livro.
    Particularmente, achei o enredo clichê e suas ressalvas também me deixaram apreensiva.
    Mas acho que darei uma chance depois.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Adorei a resenha. E mesmo com essas ressalvas fiquei curiosa pra ler. Já tinha ouvido falar dessa autora, porém nunca fui atrás pra saber dos livros. Agora, com essa resenha, com certeza vou atrás.

    ResponderExcluir
  7. Oieee
    Adorei a resenha, não conhecia a autora, mas fiquei curiosa agora, mesmo com suas ressalvas kk, com certeza irei procurar para ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi linda,

    Já conhecia o trabalho da Thays...ela escreve muito bem, mas também me incomodou a falta de tato de a personagem esquecer os traumas e viver sem parecer que sofreu muitos abusos no passado.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Vejo esse livro em muitos blogs, fiquei bem curiosa depois de ler a sua resenha.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Oiii Marina, tudo bem?
    Infelizmente e não sou chegada nessa obra, confesso pra ti que comprei e tentei porque minhas amigas surtaram mesmo e acabei perdendo o gosto pelo enredo, achei a escrita da autora incrível, mas acho que esse tipo de obra não é para mim mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. OI, Marina
    Acho que ainda não tinha lido nenhuma resenha do livro. Gosto do gênero, mas também não curto quando ficamos sem algumas respostas na história e quando algo é pouco aprofundado. Mas que o bom que o livro também tem coisas boas. Quem sabe eu leia futuramente.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  12. Oie! Gostei que você apontou o que comprometeu a sua leitura. Tem alguns comportamentos em personagens que podem causar este afastamento. No entanto, como você mesmo disse, foi a estreia da autora, que poderá amadurecer o processo criativo, porque sua resenha deixa claro o potencial dela. Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Olá, que bom que a leitura se sobressai entre os pontos negativos que vc apresentou, parabéns a autora pela iniciativa de se lançar no meio literário tbm, espero poder conhecer.

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Conheço a Thays por causa do blog, não sabia que ela tinha começado uma carreira Literária. Apesar das suas ressalvas, a premissa me interessou e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  15. Oiii!!

    Eu não conhecia a obra, nas conhecia a autora. Gostei da sua resenha! Espero que na continuação, tenha as respostas que tanto procura.
    Adorei a sua resenha, tá bem escrita e coerente!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Nossa o livro parece ser bastante cativante mesmo, pequena que a autora não soube explorar mt bem a parte do abuso sexual. Mas, como é o primeiro romance da autora é natural deixar passar algo!! Fiquei bastante curiosa, a série tem quantos livros?
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  17. Heiii, tudo bem?
    Ah legal demais ter uma blogueira extreando com autora, ainda mais um romance, que é meu genero favorito.
    Ainda não conhecia o livro, mas me interessei pela premissa.
    Uma pena que algumas coisas tenhem ficado soltas, mas ainda assim acho que foi um belo começo para a autora.
    Desejo mto sucesso.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  18. Oi Marina, sua linda, tudo bem?
    Gostei muito dessa capa e fiquei feliz em saber que a autora é blogueira, é sempre gratificante ver alguém realizando seu sonho. Parece ser uma boa leitura, mas confesso que não conseguiria me envolver já que a personagem esquece facilmente de seu trauma, isso não passa muita veracidade. Gostei muito da resenha sincera.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá! Fiquei aguçado em saber mais desse livro, sua resenha me deixou com muita vontade em ler essa obra. Uma trama bem bolada que vai ser uma aventura ler e apreciar um livro escritor por uma colega blogueira. Já vou anotar sua dica.

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Adoro ler comentários negativos sobre um livro, parece que comentários do tipo dão uma nova visão a obra. Todos os comentários que eu já tinha lido do livro eram super positivos, nenhuma opinião falou sobre esse "esquecimento" da protagonista. Gostei da sua sinceridade e isso só fez com que eu quisesse ler e tirar minhas próprias conclusões sobre a história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olha, me irrita bastante isso de uma personagem esquecer um trauma forte como esse milagrosamente, com uma rapidez impressionante... aí você ainda me diz que o Guilherme é um total machista... pronto, desisti de ler. Simplesmente não é história para mim.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!