Resenhas

Resenha: DangeRock, de M S Fayes @editorapandorga

23 de agosto de 2016

......
Autora: M S Fayes
Editora: Pandorga
Páginas: 288
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Leia também da mesma autora: Irresistível | Magnífico

É sempre um prazer ler e resenhar livros nacionais e com DangeRock não foi diferente. Com uma leitura fluida, divertida e leve, o livro mostra as facetas de uma banda que começou na garagem e agora é conhecida em todo mundo. A trama mostra os lados positivos e negativos dessa trajetória intensa. Apesar de algumas coisas terem me incomodado, a leitura é muito gostosa.

Eve McGannon é vocalista da banda e conquistou o publico com sua voz doce e angelical. Eve sempre foi apaixonada por Brandon Conwell, guitarrista e seu amigo de infância que sempre a apoiou, mas nunca a notou como mulher. Amigos antigos, vizinhos, colegas de escolas, montaram uma banda de rock & roll, a DangeRock, e vem arrastando multidões pelo mundo.
A timidez de Eve a impede de declarar seu amor por Brandon e assim ela acaba vendo ele ficar com várias groupes sem poder fazer nada, visto que ele a vê como sua irmã.


"Por que você não me enxerga? Você não vê que eu desejo seu toque? Que eu derreto por você? Minha pele deseja seu afago, com a mesma intensidade que uma flor deseja chuva. Eu ainda permaneço aqui de qualquer forma. Ainda permaneço exatamente aqui."
Os outros caras da banda, Phil no baixo e Malcom na bateria, também são super simpáticos e protetores com Eve. Agora, super conhecidos, o grupo faz sua primeira turnê e isso chama atenção de ninguém menos que Mitchell Clay, o astro da Funbock. Um roqueiro lindo, sexy, gentil que num primeiro momento nos deixa louca, mas depois... Meu Deus, não sei nem o que falar.
Enfim, Mitchell propõe parceria com Eve, mas ele não quer só isso... Ele a deseja e isso acaba gerando ciúmes em Brandon que a princípio não queria se envolver. O que nem ele, nem Eve sabe é que apenas o coração é que manda, dentro ou fora dos palcos. Basta eles seguir esse sentimento através da melodia que eles entoam. Com grandes reviravoltas, a trama nos deixa louca e promete arrancar suspiros dos leitores.
Primeiramente, a escrita da autora é muito gostosa. Eu não esperava gostar tanto do livro, mas a autora me ganhou. Aliás, já li outros livros dela e gosto muito da sua escrita e no modo que ela conduz a história. A principio, achei a história clichê, mas ela foi me ganhando aos pouquinhos e achei uma leitura bem 'ok'. Gostei também dos diálogos criados e do modo que a protagonista de relaciona com os meninos da banda. Achei bem legal a trajetória deles e o modo que a autora abordou a trama envolvendo o mundo do Rock. Aliás, já quero um livro dos outros meninos, principalmente Malcom.

Entretanto, não gostei de algumas atitudes da protagonista. Certas horas ela era bem direta, reta e tem uma atitude de durona. Aliás, era isso que a gente esperaria de uma cantora de rock, né? É legal que, apesar dela viver no mundo do rock, nas coisas ruis, ela não faz parte dele. Ela é bem reservada e tal. O que me incomodou foi quando ela agia de maneira ingenua e sentimental demais. Onde já se viu a pessoa ser quase abusada e ainda continuar no mesmo cômodo do agressor? Brincou com o perigo. E isso gerou muitas consequências no final. Também não curtir certas atitudes de Brandon e achei ele bem imaturo.

Apesar disso, a leitura é valida e muito gostosa. Se você está procurando uma leitura rápida e cativante, esse livro é pra você!
Classificação: 4/5


Postado por Marina Santos

16 comentários:

  1. Olá Marina
    fiquei muito interessada nessa leitura, especialmente porque apresentar uma história que tem tudo para ser muito envolvente e conflituosa, além das diversas emoções, como pude perceber em seus comentários. Fiquei muito intrigada sobre o desenvolvimento dos personagens e concordo que o esperado é que a protagonista se mostre durona e não ingênua. Enfim, gostaria de poder ler também...
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Marina,

    O que já me atrai é o fato de uma mulher ter sido integrada a banda. Livros assim geralmente tem lá a banda dos Boys magias e a mulher sempre está de fora. Fiquei curiosa e desconfiada com esse Mitchell.
    Uma pena a personagem ter dados essas mancadas. Realmente esperamos logo uma moça girl power, mesmo assim quero ler. Já li outro livro da Fayes e realmente é uma narrativa muito gostosa.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá =) Amei a capa do livro. Que bom que você gosta de livro nacionais, eles agora estão ganhando mais atenção, mas ainda acredito que deve ser mais mostrado. Realmente a história parece ser bem clichê,mais o importante é como o autor vai levando o leitor a continuar lendo. Como você mesmo disse, por ser uma cantora de rock espera uma mulher mais de atitude e personalidade, agora ela continuar no mesmo quarto onde quase foi abusada foi meio que idiotice, não fez sentido. Não li o livro, talvez lendo eu entendo a atitude da protagonista nesta cena. Beijos'

    www.sejaamavel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Marina, tudo bem ?
    Eu adorei a resenha e marquei o livro para ler em algum momento, mas confesso que achei um pouco semelhante a série Rock & Pie, também nacional, conhece ?
    Até mesmo na questão quanto ao comportamento da protagonista, ora decidida e ora imatura demais que chega a cansar.
    Enfim, vou ler...
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, achei a capa do livro sensacional!!!
    Acho que o que te incomodou na leitura, talvez eu viesse a gostar. Gosto de protagonistas duronas, mas que possuem sensibilidade também. Amei a indicação e espero ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Marina,
    Ainda não conhecia nem a autora e nem a obra e não fiquei muito animada com a história do livor não, mesmo ele te surpreendendo. Acho que o que menos gostei foi saber que Brandon tem umas atitudes que não te agradaram.
    Apesar de não ter curtido a obra pra mim, vou indicá-la para uma amiga, pois é a cara dela. Também não posso deixar de dizer que essa capa é linda e que sua resenha está incrível.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Olá amore...
    OMGGGGGGGG que capa é essa menina... curiosidade monstra aqui.
    Além da capa, adoro enredos que envolvem qualquer coisa relacionada à música.
    Não tinha lido nada a respeito da autora... mais já estou muito curiosa.
    Dica anotada!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste do livro...! :) Eu confesso quenem sequer conhecia!! ahah :)

    mas pronto! eu não gosto muito do género e a premissa também não me agradou muito... e não gostei disso da personalidade da personagem! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Que interessante esse livro, eu ainda não conhecia e achei a proposta bem bacana. Eu gosto quando as protagonistas são assim diretas e sem enrolações mas em alguns momentos isso pode parecer muito forçado, não sei se é o caso desse livro. Fiquei curiosa para conhecer a escrita da autora.
    ]

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari!
    Que livro bacana, eu interpretei diferente essas atitudes da personagem, acho que a autora quis mostrar que nem todo canto de rock é durão o tempo todos. Vou adicionar a minha lista de leitura :3
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Queria começar dizendo que adoro musica e livros então uma mistura dos dois é perfeição para mim o livro pode ser bem caquinha mais se tiver bastante playlists, cantores eu vou amar kkkk.
    O livro parece ser bem legal apesar de não apresentar nenhuma novidade ideal para uma leitura para passar o tempo gostei da sua resenha e bem legal vc ter prestado atenção no comportamento da eve como uma rockeira de atitude podia ter rolado pelo menos uma tapa na cara desse agressor (eu sou péssima) Tiau.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Apesar de parecer bem clichê mesmo, o que eu amo, eu leria sem pensar. Parece realmente ser uma história muito gostosa, com uma leitura bem rápida e fluída. Achei essa ingenuidade dela nesse momento que você citou, apenas medo mesmo, às vezes ela não saberia como agir e ficou em pânico?
    Não sei, mas vou ler o livro e tirar minhas conclusões.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro e fiquei muito curiosa quanto aos pontos positivos e negativos, e como a autora descreveu esse meio. Rock é um dos meus gêneros musicais preferidos, fiquei interessada em saber as referencias que a autora usou. O livro parece ser bem interessante, dica anotada, espero pode lê ele em breve

    ResponderExcluir
  14. Não sei se é só impressão minha ou é real mas tá saindo muitos livros sobre bandas ultimamente? só vejo resenhas deles hoje em dia kkk , alguns me interessaram muito mas aguçou minha curiosidade mesmo tendo uma capa maravilhosa e eu ttendo adorado o cabelo que eu acho que é da protagonista kkk

    ResponderExcluir
  15. Oie! ainda não li nada da Fayes e morro de curiosidade. Tentar entender como funciona a mente de uma pessoa agredida que "aceita" ou que "se coloca" continuamente na mesma situação é algo que sempre faço. Achei confuso também ela ser dura e direta e ao mesmo tempo ingênua teria que ler para entender melhor esta definição.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Oi, visitando seu cantinho! Eu adoraria ler uma história sobre banda, mas sempre acabo me interessando por outras coisas e não lendo rsrs essas atitudes da personagem me incomodariam bastante, detesto esse tipo de coisa.
    Abraço, Participe da promoção do blog e concorra a um livro do Tom Grass, Twist!

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!