Resenhas

Resenha: Duff, de Kody Keplinger @GloboLivros

25 de julho de 2016

......
Autora: Kody Keplinger 
Editora: Globo Alt
Páginas: 328
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Quem nunca foi uma Duff?
Quem nunca foi rotulado por alguma coisa ofensiva que acabava magoando profundamente? Toda garota já foi definida por algum adjetivo sexista em alguma etapa da vida e com Bianca Piper não foi diferente. 

Bianca Piper é uma jovem inteligente, tem um grupo leal de amigas e não se importa com que os outros falam ou pensam dela. Suas amigas, Casey e Jessica, são o completo oposto dela: lindas, se vestem bem e sempre conseguem ficar com rapazes lindos. Bianca sabe disso, mas mesmo assim não quer fazer nada para mudar essa situação. Ela não se importa. Ou finge não se importar...

Quando Wesley Rush, o cara mais rico, pegador e e popular da escola, a rotula como Duff – a menina menos atraente do seu grupo de amigas que não se encaixa nos padrões de beleza – ela passa a se perguntar por que é considerada a amiga feia.
" – Uma sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, ou seja, amiga feia e gorda – explicou ele. – Sem querer ofender, é isso que vc é." – PÁG 13
Acontece que Wes acredita que garotas bonitas tendem a se dar bem com garotos que se enturmam com as suas Duffs e, por isso, ele está tentando se enturmar com Bianca, visto que ele está afim das suas amigas. Bianca tenta fingir que não se importa, mas no fundo, no fundo, isso a magoa muito. 
Alem disso, a jovem ainda tem que lidar com a separação iminente de seus pais e com o fato de o pai não está lidando muito bem com isso. 
Desesperada por uma válvula de escape, ela acaba se refugiando com a pessoa que ela jamais imaginou. É a partir daqui que a vida da jovem muda drasticamente. Apesar de está ciente que anda mentindo para suas melhores amigas, ela se ver viciada em se encontrar com Wesley Rush secretamente.  Enquanto o mudo ao redor começa ruir, a jovem descobre que está se apaixonando pelo garoto que ela mais odiava.
O livro é um New Adult e nos apresenta uma história sobre amor próprio e amizade, abordando aspectos como padrões de beleza e aceitação. 
Eu gostei bastante do livro, visto que a leitura é leve, fluida e é impossível largar a obra. Eu iniciei a leitura sem nenhuma expectativa, mas a história de Piper me ganhou. Aliás, eu me identifiquei com a protagonista, já que eu também já passei por situações parecidas. Além dos dramas familiares, Bianca passou por essas questões sozinha sem ter cara ou coragem para contar a alguém. A gente tenta ser forte, mas no fundo estamos ruindo. E é notório que isso a magoou, apesar dela não admitir isso. 
A única coisa que me incomodou foi dela mentir para suas amigas. Se afastar delas e não contar o que estava rolando. Tenho certeza que elas iam compreender e tentar ajudar. Contudo, Bianca foi muito cabeça dura nesse ponto. Fora isso, o livro foi excelente. 

A autora abordou questões importantes, de maneira sutil, mostrando o que o jovem passa quando seus piores medos são expostos. Ela também nos ensinou que, apesar de tudo, devemos nos amar, não se importar com os rótulos e não julgar ninguém por conta de sua aparência, pois todos nós já sofremos por conta de alguns padrões que a sociedade impõe.
Eu amei a forma que a autora abordou o tema e recomendo bastante a leitura, principalmente para os adolescentes e jovens.
Classificação: 4/5


Postado por Marina Santos

20 comentários:

  1. Oi Marina
    eu terminei de ler esse livro na semana passada e adorei demais. Sua resenha ficou maravilhosa,assim como as fotos, e seus comentários traduziram bem o que eu mesma gostaria de dizer sobre a obra. Também me incomodei sobre ela mentir,mas de um modo geral é ótima leitura mesmo.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Marina,
    Eu não sei se leria esse livro, se não me engano tem um versão em filme, mas que parece não fazer jus ao livro. O enredo não me agradou, certo que tem seus aspectos que me chamam a atenção e desperta a curiosidade. Pela sua resenha sinto que o livro tem seus altos e baixos. Acho que se eu pegasse para ler sem ter lido nenhuma resenha poderia até arriscar.
    Mas adorei sua analise, bem precisa e que me deu uma ideia melhor do que se tratava.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá, embora você tenha falado tão bem do livro eu não consigo me sentir interessada por ele. Faz algum tempo que o tenho visto e muita gente fala super bem, mas mesmo gostando do gênero a história não me atrai e não tenho pretensões em ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá Marina,
    Esse livro é bem sutil e envolvente, pelo menos foi isso que senti ao ler todas as resenhas até o momento. Eu já vi o filme e acho a história incrível e envolvente, gostei da personalidade da Bianca e acho bacana a autora ter abordado temas complexos de uma forma leve e envolvente.
    Eu acho que o fato de ela mentir para as amigas me incomodariam, assim como incomodou no filme.
    Apesar disso, quero muito ler a obra, pois acho que vou curtir.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Gostei da indicação e acho que leria para fins de entretenimento. A história me pareceu leve e dinâmica e fiquei curiosa, além da arte gráfica estar bem caprichada!!!
    Ainda não vi o filme, mas quero ler o livro antes de ver a adaptação.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie.
    Eu adoro esse filme e estou louca para ler esse livro, pois trata de temas legais e gostaria muito de ver as diferenças entre a obra e a adaptação. Espero conseguir comprar logo e gostar da leitura!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  7. Oi Marina,

    Duff é um dos livros que pretendo ler ainda este ano. Eu acho a premissa bem interessante, apesar da abordagem clichê e por ser uma leitura leve e fluida, devo aproveitar bastante para me distrair. eu gostei do filme e espero gostar também do livvro. <3

    bjs sua linda! =)

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Duff está em minha lista de leituras há um tempão! Até comecei a ler, mas depois tive que parar. A personagem é realmente incrível e gostei muito de saber que o livro passa tantas mensagens importantes. Espero ler em breve!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Oi Marina, tudo bem?
    Vi muitas pessoas elogiando o livro pela blogosfera e desde então estou bem curiosa para conferir o livro. O que mais me chama a atenção nele é o fato da protagonista não se encaixar nos padrões de beleza da sociedade e acredito que também me identificaria com ela em vários aspectos. Amo histórias que tenham personagens adolescentes, adoro o ambiente escolar e nunca me decepciono em livros que tenham todos esses atributos. É uma pena que a protagonista não tenha confiado em suas amigas para desabafar de seus problemas, mas por outro lado, acredito que poderia entender seus medos. Enfim, só lendo para saber se irá me agradar e espero que seja em breve, adorei a sua resenha.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  10. Por mais resenhas positivas que eu vejo sobre esse livro é por ser um tema super atual como o bullyng confesso que o enredo não conseguiu despertar minha curiosidade para a leitura. Uma coisa que me pareceu bacana foi a capa e a diagramação bem fofa.
    BJ

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Esse livro parece ser aqueles que a gente começa a ler sem esperar nada e quando vê já está tão imerso na trama que não consegue mais parar. Achei meio chato também isso de ela não contar para as amigas que estava acontecendo, não tinha necessidade de ela sofrer tudo sozinha, não é? Se eram amigas mesmo iam entender... Vou adicionar esse na minha lista de leituras também.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Não li ainda, e confesso que quando ele foi lançado não tinha nenhum intenção de ler. Aos poucos isso está mudando, não só pelas resenhas que já li, como também por perceber o quão diferente e melhor ele é do filme.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Conheço o livro mas ainda não tive oportunidade de ler. A pessoa que me indicou elogiou muito o enredo e a escrita do autor. Adoro livros com temáticas adolescentes, principalmente quando o autor desenvolve bem o enredo e levanta questões sociais importantes e de relacionamentos. Tá na lista!
    Bj

    ResponderExcluir
  14. Quando eu era mais nova era a Duff. Era muito tímida, usava óculos e eles eram sempre horrorosos, estava sempre com roupas horrendas e, apesar de não ser gorda, elas eram tão largas que davam a impressão de que eu era sim. Minhas amigas eram super magras e bem vestidas, o que fazia com que recebessem muito mais atenção. Isso de tentar ser forte mas por dentro estar ruindo é a descrição perfeita da adolescente que eu fui, acho que vou me identificar bastante com o livro.

    ResponderExcluir
  15. Oi!

    Olha, eu não conhecia a obra e nem mesmo a autora, mas achei a trama muito convidativa.
    De cara já me identifiquei com a protagonista e me remexi aqui na cadeira lendo citação onde o rapaz diz a ela, sem compaixão e empatia, que ela é uma Duff. Acredita que uma situação exatamente como essa aconteceu comigo quando eu era adolescente? Não foi nada agradável, mas não chegou grandes consequências no meu psicológico, graças a Deus.

    Só por esse semelhança já adoraria ler o livro e muito me interessa entender o motivo pelo qual ela mentiu para as amigas.
    Bem, obrigada pela indicação.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  16. Oi Marina,
    Que livro mais amadinho!!!!
    Adorei a sua resenha e fiquei bem interessada em ler o livro. Gosto desse tipo de leitura, são leves, mas sempre nos fazem pensar em algo importante. A juventude pode ser muito difícil e é bom saber que praticamente todo mundo passa pelas mesmas situações e que somos fortes para seguir em frente. :)

    ResponderExcluir
  17. Acho que livros assim são importantes, pois há várias pessoas que passam situações iguais no colegial, ou que ainda vão passar. Mesmo não sendo muito fã de New Adult, gostei da premissa e principalmente dos temas de aceitação, amor e amizade. É bom que existam livros assim pra fazer pensarmos nesses temas. Amei sua resenha, beijos <3

    ResponderExcluir
  18. Oiii, tudo bom???
    Que livro maravilhoso, a premissa dele é linda e muito importante, que adolescente que nunca passou por essas coisas e sempre achou "normal", amo esse tipo de livro que coloca a gente pra pensar ao mesmo tempo que a escrita é leve. Enfim, gostei muito de conhecer ele.
    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Oiii, tudo bem???
    Não gostei muito da capa, acho que poderia ter sido mais trabalhada, mas fora isso. Que amor de livro, fiquei curiosa e gostaria de saber com mais afinco pra ver como ela passa por todos os problemas, como ela questiona isso tudo. Gostei muito e o fato de que a escrita não é densa me chamou mais a atenção.

    ResponderExcluir
  20. Oi Marina, tudo bem?
    Eu já vi diversas resenhas sobre esse livro e estou doida para ler ele, ainda mais por saber que se trata deu uma história bem interessante. Estou doida para conhecer essa protagonista e gostei muito de saber que você recomenda o livro. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!