Resenhas

Resenha: Descubra-me, Maya Banks @gutenberg_ed

5 de maio de 2016

......
Autora: Maya Banks
Editora: Gutenberg
Páginas: 256
Classificação: 4.0/5.0
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob

Proteja-me – Slow Burn #1
Salve-me – Slow Burn #2 

Descubra-me é o terceiro livro da trilogia Slow Burn e conta a história de Zack Covington. Eu estava louca para saber a história dele, visto que ele é tão sombrio, durão e observador. Esse, com certeza, esse é o melhor livro da trilogia. Com muita ação, um passado destruído e um reencontro, Descubra-me consegue sanar as duvidas o leitor e une suspense com sobrenatural de uma maneira muito envolvente. 

Zack Covington, empregado da DSS, Devereaux Security Services, nunca pensou que sua vida tomaria um rumo tão inesperado. Quando era jovem, ele já estava com o futuro traçado. Ia ser jogador de futebol americano por dez anos e com o dinheiro que ia ganhar nesse período poderia garantir o futuro da família que ele queria ter. Após conhecer Gracie, uma jovem linda e boa, ele queria de todo jeito realizar esse sonho. Gracie era quatro anos mais nova que ele e ambos estavam completamente apaixonados.  Eles tinham planos de casar e após o casório partir para lua de mel onde Gracie finalmente ia perder sua virgindade. Eles se amavam mais do que qualquer coisa, era tão intenso, tão profundo... Porém, tudo vai por água abaixo quando num dia quando Zack ia encontrá-la e a jovem simplesmente sumiu. Desapareceu por longos 12 anos.
"Perder Gracie, sem saber como nem por quê, sempre foi difícil de engolir, e ele ainda não havia superado o caso."Pág. 18

Depois de 12 anos, sem saber se Gracie morreu ou se o abandonou, Zack ainda tenta encontrar qualquer vestígio de Grace, tentando por fim ao tormento. Agora, empregado da DSS, ele se torna o braço direito dos irmãos Devereaux, sempre atento a qualquer coisa que possa ser de suma importância para a empresa. Em um dia de serviço normal, Zack ainda não sabe, mas seu mundo irá virar de cabeça para baixo quando ele finalmente encontrar a mulher que um dia foi o seu sonho e descobrir que ela quer esquecer que um dia o amou.
Há 12 anos, o mundo de Anna-Grace caiu quando o homem que amava a traiu deixando marcas que nunca ia passar. Anna-Grace deseja apenas manter o passado enterrado e focar apenas no futuro que a espera sendo uma ótima pintora. Vivendo sob a proteção de Wade, um amigo que pode contar em todas as hora, ela acha que um ia irá esquecer o homem que já lhe fez tanto mal. Mas o destino brinca com ela e este homem está mais perto do que ela imagina e ela vai precisar de todas as forças para esquecer que um dia o amou.

Como eu havia dito, esse é o melhor da trilogia. Logo nas primeiras páginas, o leitor e transportado para o mundo de Zack, onde sabemos que, apesar de parecer durão, ele sofre muito no seu intimo por não saber nenhum paradeiro sobre Gracie. Aliás, a autora saber conduzir o livro de forma bem genial fazendo um suspense em torno desse desaparecimento. Nesse livro ainda contamos com a ameaça da organização do livro anterior que queria pegar Ari. Eu me identifiquei com Zack e consegui enxergar que o sofrimento dele não era superficial. Era verdadeiro.
Já Gracie se manteve forte apesar de tudo que aconteceu no seu passado. Ela tentou levar a vida mesmo que nunca tenha esquecido da pessoa que ela ACHA que a fez sofrer.

Contudo, algumas coisas me incomodaram no livro, como, por exemplo, os pensamentos dos protagonistas são repetitivos, a autora correu com o livro e algumas perguntas sem respostas. Algumas partes tem tantos pensamentos e nenhum diálogo que faz o livro ficar bem cansativo. É notório que a autora correu em algumas partes, mais precisamente no final. A organização que eles tanto temiam, foi findada em pouquíssimas páginas. Além disso, não gostei que a protagonista Gracie não questionou Zack pelas coisas que ela achou que ele fez. Achei que foi tudo muito morno.

Não obstante, o livro tem uma bela dose de suspense e emoção que faz o leitor ficar admirado. Eu gostei bastante do livro, apesar das ressalvas, e ele fecha a trilogia com chave de ouro. Aliás, queria que a autora fizesse mais um livro para contar sobre a história de Wade, visto que é nítido que ele gosta de uma certa empregada da DSS.
Enfim, eu gostei muito do livro e é uma leitura válida para todos que curtem Maya Banks. 


Postado por Marina Santos

18 comentários:

  1. Oi, Marina!

    Tenho vontade de ler Maya Banks mas ainda não consegui... :(
    Gostei muito de sua resenha, o que me fez ficar mais interessado pelo livro, digo, pela trilogia;

    As fotografias estão perfeitas" :)

    Beijos,
    Danny
    Tenho uma grande novidade! Confira no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  2. Oi Marina, eu não lembro, mas acho que nunca li nada dessa autora. Apesar disso, já li várias resenhas de alguns de seus títulos. Não conhecia essa série, mas seus comentários me deixaram curiosa sobre os personagens. Espero poder conferir ainda.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Maya manda sempre bem, li uma outra trilogia dela que meu Senhor adorei. rsrsrs Tenho curiosidade em começar esse, na verdade muitos outros livros dela, já que é uma autora que leio muito pouco.
    Acho essa edição muito linda.

    bjS,

    ResponderExcluir
  4. Eu já conheço essa série mas nunca li os livros. Eu ainda não tinha visto esse livro e pelo que vi na sua resenha, já fiquei super interessada nele. Gosto muito desse gênero e os pontos mencionados me deixaram muito instigada.

    ResponderExcluir
  5. Oie Marina,
    Gostei bastante da premissa desse livro, o mistério a que você se refere é um elemento que curto até, mas alguns pontos descritos por você foram mais enfáticos e me desanimaram com relação a leitura, o excesso de pensamentos, a ausência de questionamentos por parte da protagonista, afinal eles ficaram afastados por doze anos, seja qual for a causa disso deveria ser amplamente questionada, aliás tenho até medo de ler e descobrir que com uma simples pergunta, esses doze anos afastados poderia não ter sequer existido.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  6. Oi Marina
    Adorei a dica da trilogia como um todo.
    Não tive oportunidade de ler e confesso que há tempos não leio nada de Maya Banks.
    Gostei da sua resenha sincera e impressões gerais sobre a obra. Não sei se vou ler, mas anotei para uma futura oportunidade.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu já tinha visto a capa desses livros mas nunca tinha parado para ler a sinopse ou saber mais do que se tratava. O enredo até me pareceu bacana. Mas quando o assuntoné romance eu fico sempre com o pé atrás pois a maioria dos livros me deixam entediada desse gênero.
    Vou deixar passar a dica flor!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi, já tinha visto as capas dos livros, mas nunca me interessei para conhecer os livros, e vendo a capa desse, achei que era um romance meio hot, mas vendo a sinopse e sua resenha, vi que me enganei e que a premissa é bem interessante, com suspense e misterio, só não gostei de saber dos pontos negativos, como por exemplo, os pensamentos repetitivos, não sei se leria um livro com tantas falhas, mas quem sabe.
    bjus

    ResponderExcluir
  9. Amiga nunca tinha tido curiosidade em fazer a leitura dessa série da autora, porque pensei que a maioria dos livros dela eram romance erótico, mas esse me parece ser muito bom. Até porque ter suspense e uma pitada de mistério sobre os personagens é o que mais me encanta, porque nos faz devorar o livro de uma maneira alucinante e isso me conquista sabe? Mas não conheço nada da autora ainda e preciso ler. Adorei ler sua resenha e saber que não tem nada haver do que eu pensava que era rs....Legal mesmo. E amei as capas dos livros, porque são lindas.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/reflexao-parte-5.html

    ResponderExcluir
  10. Oi Marina, tudo bem?
    Esse livro despertou minha curiosidade, apesar de fazer parte de uma trilogia. Estou tentando imaginar como deve ter sido para Zack superar o desaparecimento de sua noiva e mesmo depois de 12 anos ainda pensar nela, parece ser tão triste! Parece que aconteceu um mal-entendido aí entre os dois e espero que consigam resolvê-los mesmo depois de tanto tempo. Enfim, só lendo para saber, né?
    Que pena que tem muitos pensamentos repetitivos no livro, ás vezes isso acaba deixando a leitura menos envolvente, o que é uma pena pois eu adoro livros que me prendam e me fazem mergulhar na história. Mas a premissa do livro me cativou e com certeza um dia irei conferir a trilogia.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Marina lindona eu amei a premissa do livro adoro histórias com reencontros, já gostei de nosso protagonista, estou com o primeiro livro da série e não vejo a hora de começar a ler. Pena que os pensamentos de ambos ficaram repetitivos amamos quando todo sentimento é exposto principalmente pelo mocinho. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Eu nunca li nada da autora, mas tenho um pouco de curiosidade para conhecer a escrita e os personagens dela. É uma pena que o livro tenha sido corrido e repetitivo em algumas partes, mas parece que você gostou mesmo dele. Adoro personagens sombrios...hehe' Eu não sou muito fã de suspense, mas você falou tão bem do livro que eu vou querer conferir. Já anotei os três títulos aqui :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi *--*

    Confesso que tinha preconceito com os livros da autora pois pensava que eram todos eróticos e vendo sua resenha me surpreendi em ver que esse é de misterio e suspense. Não sou o maior fã de generos assim mas esse me chamou bastante atenção para ler. Quem sabe quando sobrar um tempinho não inicio a leitura.

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  14. OI, Marina
    Incomoda mesmo quando algumas perguntas não são respondidas e pelo menos para mim quando os finais são corridos. Uma pena, pois todos adoram os livros desse autora, mas acho que vou passar a dica. Mas, claro, que o livro tem outros pontos positivos e gostei da resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu sempre vejo ótimas recomendações dessa série, mas sabe quando o santo não bate? hahahaha.
    Adorei saber que o terceiro volume é o melhor da série, mas é uma pena ainda ter tantos furos ou erros na história, e esses pensamentos em excesso.
    Se um dia eu ganhar a série talvez até leia, mas por enquanto passando longe rsrsrs

    ResponderExcluir
  16. Oi Marina, tudo bem?

    Eu só li um livro da autora, e gostei do suspense que ela insere na história, mas caiu no mesmo problema que você disse, ela resolve tudo rápido demais, sem muito desenvolvimento. Gosto desse suspense, nos faz ficar mais envolvido com a história, mas que pena que a parte dos pensamentos repetitivos fez o livro ficar um pouco arrastado.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  17. Oieer,
    Tu acredita que nunca li nada da autora?
    Pois é, agora não sei porque, acho que tenho um certo preconceito com as capas, porque me lembram as da Sylvia Day. Porém agora depois de ler a tua resenha percebi que as obras tem uma premissa bem diferente do que eu imaginava, talvez um dia eu acabe fazendo essa leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Gosto de romances com uma boa dose de suspense, e essa pitada sobrenatural com certeza faz a diferença. Sua resenha me deixou louca para ler a trilogia!!! Vou anotar sua dica aqui, pois realmente irei ler esses livros. Amei a resenha!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!