Resenhas

[RESENHA] À Flor da Pele, de Helena Hunting @SUMA_BR

20 de outubro de 2015

......
Autora: Helena Hunting
Editora: Suma de Letras
Páginas: 336
Classificação: 4.0/5.0 
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
"Éramos ambos escravos da culpa que carregávamos."

À Flor da Pele é o primeiro livro da série Clipped Wings, de Helena Hunting. Um new adult envolvente com duas pessoas destruídas pelo passado, tentando seguir em frente, quando um se choca com o outro e a atração é inegável. Iniciei a leitura com poucas expectativas, mas pouco a pouco a trama foi tomando conta de mim e quando menos percebi, terminei o livro com um misto de sentimentos: raiva, tristeza, amor? Não sei... Apenas QUERO O PRÓXIMO AGORA!

Tenley Page é uma jovem tímida que largou tudo, após ter sua vida destruída, para morar sozinha e tentar seguir em frente. Ela mudou de cidade, está fazendo mestrado na Universidade Northwestern e trabalha meio período no Serendipity. Ela faz de tudo para ocupar sua vida e sua cabeça a coisas que não lembrem o que aconteceu com ela. 
Ela tem traumas e sintratrizes tanto emocionalmente como fisicamente, e faz de tudo para não deixar que seus demônios tomar conta de si. 

Quando a conhece, Hayden Stryker fica totalmente intrigado com essa menina misteriosa e a deseja no mesmo instante. Hayden também é um homem marcado pela dor tanto emocional como fisicamente, e isso transparece em suas tatuagens. Apesar dele ter feito escolhas ruins no seu passado, criou forças, mesmo da onde não tinha, e se reconstruiu. Abriu um estúdio de tatuagens e ganha a vida fazendo isso com mais três amigos.  Hayden parece ser durão, mas é um homem doce e gentil.  Ele sente uma necessidade de cuidar/proteger Tenley e seu desejo aumenta quando ele descobre que ela quer fazer uma tatuagem incomum na costa. 
A dor do desenho, jamais se comparará com a dor que já sofreu anteriormente, contudo ela acha que o desenho vai encobrir as cicatrizes e ajudará a diminuir a dor da perda. Mal sabe ela que o processo a deixará mais sensível e abrirá feridas emocionalmente.

A atração entre eles é palpável, e mesmo não querendo, Tanley se entrega a essa paixão. Ela o vê como uma chance de recomeçar, porém omiti a maioria das coisas do seu passado com medo de ele não a querer por ela ser tão quebrada. 
"Talvez fosse daí que vinha nossa conexão: estávamos ligados pela dor da perda."
Hayden sabe que o relacionamento deles é frágil e por pouco pode ser quebrado, porém ele faz de tudo para ser tudo o que Tenley precisa. Cada dia eles ficam mais próximos, apesar do passado sempre ficar a sombras deles. 
"Mas ela estava certa: a cada camada descoberta, eu começava a enxergá-la de um jeito diferente. Não importava quanto o estrago fosse brutal, ela era um lutadora e uma sobrevivente."
E quando tudo parece que vai ficar bem, os traumas ressurgem e cabe a eles ser forte o bastante para passar por tudo isso. 

Tenley era tão destruída que ela tomava alguns remédios bem pesados, mas mesmo assim ela foi forte o suficiente para pelo menos tentar mudar de vida e esquecer tudo que sofreu. 
Confesso que quando comecei a leitura achei a trama meio lenta, porém quando eu menos me dei conta, já estava amarrada nessa história tensa e ansiando que pelo menos eles conseguissem se reconstruir
Faz mais ou menos dez meses desde o acidente e Tentey está juntando seus cacos e seguindo em frente. Hayden a ajuda muito nesse sentindo, mesmo ela omitindo vários pedaços do seu passado. Ele a abraça quando ela tem pesadelos, não a julga, muito menos a incrimina, pois ele já passou pelas mesmas coisas que ela passou. Hayden está sempre pronto para apara-lá, e é notório que eles foram feitos um para o outro. Eu amei a personalidade dele, tão perturbado e tão forte ao mesmo tempo, ainda ficou umas rachaduras nele que ele fez questão de cobri-lás com tatuagens, mas por trás ele é tão seguro e sabe o que quer e luta atrás do que ele quer. 
É impossível não se envolver e não sentir a dor dos protagonistas. Foi cruel o que a Tenley passou, porém ela se culpa por isso. Acha que não merece ser feliz, e isso acabou comigo.
"Tenley não tinha sido simplesmente ferida; ela fora destruida."

Apesar disso tudo, pensei que ela se daria oportunidade para viver uma nova vida, mas não... Ela não tem coragem, exato, coragem! Achei muito injusto ela esconder algumas coisas de Hayden, e daí, quando eu achava que tudo ia ficar bem, o passado volta, da uma rasteira em mim, como leitora, e também no casal protagonista da história. E agora? Agora só no próximo livro. rs
Me senti muito frustada,, mas ainda sim, amei a história e estou ansiosa para o segundo livro. Preciso urgentemente saber o que acontecerá com esse casal. 


Postado por Marina Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido!