Resenhas

[RESENHA] Irresistível, de M. S. Fayes #euleionacional

30 de setembro de 2015

......
Autora: M. S. Fayes
Editora: Independente 
Páginas: 249
Classificação: 3.5/5.0 
Compre e-book: Amazon
Adicione: Skoob

Irresistível é o segundo livro da Trilogia das Leis, cada livro conta história independente de uma amiga, Kate, Fay e Lana. Kate, é protagonista do primeiro livro, Absoluto, já este segundo livro, a protagonista é Fay Williams
Um romance adulto, irresistível, como o próprio nome diz, e envolvente. 

Fay é uma mulher forte, segura de si, independente. Presta assistência na área jurídica da Associação Blanche Suit e da aulas voluntarias de dança às crianças e adolescentes. É uma ruiva desimpedida, livre, leve e solta.
Uma certa noite, em uma boate, Fay conheceu um cara irresistível. A atração foi palpável e logo partiram para casa dele e tiveram uma noite quente e apaixonada, sem nenhuma promessa, muito menos compromisso. 
"Já tinha ouvido falar em beijos com 'encaixe perfeito', mas era a primeira vez que sentia uma descarga de euforia roubando seu ar e esquentando seu corpo."
No dia seguinte, ainda na capa dele, Fay acorda e foge da casa desse homem misterioso, pois ela não está nenhum pouco afim de se apaixonar. Contudo, ela não sabe que o futuro reserva surpresas diferentes para ela... 

Um mês depois, por ironia do destino, ela acaba se encontrando com esse homem. Seu nome é Alexander Bergman, promotor chefe do estado, lindo, loiro, olhos claros. Eles terão que trabalhar juntos em um caso de muita importância, visto que ela anseia o cargo de assistente de promotoria, mas será que ela conseguirá resistir a essa paixão?
"... Fay era bem realista ao que relacionamentos poderiam gerar. E com seu histórico conturbado e seu passado tenebroso, em relacionamento era tudo o que ela deveria evitar com máximo de suas forças."
Ela tentou, mas não conseguiram resistir a atração inegável. Apesar disso, Fay não consegue se entregar completamente por conta do seu passado obscuro. Alex também tem um passado escuro, contudo ele está de coração e braços abertos para Fay. Já ela tinha medo, medo de se entregar e o passado vir e lhe dá uma rasteira. Será que ela conseguirá passar por cima de tudo para seguir esse amor? O que aconteceu no passado de Fay e Alex? E o que o futuro reserva para eles? 
"... Pensar sobre construir uma família sempre lhe fora um pouco dolorido. Mas agora, ao pensar no futuro, só via Fay em sua mente."
Eu curtir o livro. Foi uma leitura leve, divertida e previsível. 
Porém, as vezes Fay se comportava como uma criança. Ela tanto queria que Alex confiava nela, mas quando era ele, Fay já tirava conclusões precipitada das coisas e assim, magoava Alex sem necessidade. É notório que por trás dessa casca grossa, ela era frágil e sensível. Precisava de alguém que cuidasse dela e a protegesse. Porém, ela é tão cabeça dura, já tinha o boy nas mãos, mas não dava oportunidade a ele. E fiquei chateada quando ela dispensou ele e ainda queria que ele corresse atrás dela. Nessas horas eu queria entrar no livro, dá vários tapas nela e gritar: ACORDA MULHER! hahhahah

Um ponto super positivo é que, além de ser independente na vida, Fay também era independente no amor. Quando via que estava errada, corria atrás do erro, implorava e pedia perdia perdão, mesmo doendo na alma. E quando era pra seguir em frente, ela também seguia sem nem ao menos olhar pra trás. Nessas horas eu levantava e batia palmas para ela. 
Alex também é um cara decidido e faz de tudo para protege-lá. Apesar de ser também um cabeça dura e gosta de pagar com a mesma moeda. Gostei da atitude dele de não correr atrás e ser um homem que sabe o que quer. 
" O promotor completamente cativo de uma mulher irreverente. Mas que transformaram os dois em um casal irresistível."
No geral, eu gostei curtir o livro. A autora sabe conduzir a história, tem uma escrita leve e ansiosa para o próximo volume da série.

Postado por Marina Santos

Um comentário:

  1. Oi, Marina!
    Obrigada pela resenha, fofis!

    Fay é minha xodó... e eu realmente escrevo uma literatura light pra entretenimento...costumo falar que há escritores que escrevem histórias densas, tensas, fortes....eu gosto de desestressar depois de uma leitura pesada...

    Bjuuuu

    M.S. Fayes

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!