Resenhas

[RESENHA] Back Para Sempre, de Sandi Lynn

5 de agosto de 2015

......
Autora: Sandi Lynn
Editora: Valentina
Páginas: 256
Classificação: 3.5/5.0 
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob

"... Entretanto, há tempestade a caminho. Ambos guardam segredos terríveis que podem destruir a relação tão rara e preciosa que construíram..."

Black Para Sempre, é o primeiro livro da trilogia Forever. Assim que descobri a Valentina ia publica-lo, eu fiquei estasiada e PRECISAVA desse livro como precisamos de ar para respirar rs. Eu já havia lido esse livro em e-book, porém, estava ansiosa para sentir o livro em minhas mãos e mergulhar nessa história de amor, luta e renovação.

 Ellery Lane é uma mulher de 23 anos, formada em Artes, trabalha num emprego de meio expediente em uma gravadora e no momento atual, está terminando de pintar seus quadros que prometera à galeria de arte, onde sua melhor amiga Peyton, também trabalha. 
Elle, como gosta de ser chamada, morava em Michigan e estava namorando a 4 anos com Kyle. Os dois se mudaram para Nova York e passaram a viver juntos desde então. Contudo, as coisas não estavam muito bem entre eles como Elle achava.  Já no começo do livro, ela está chateada e triste, pois acabara de levar um pé na bunda do namorado, que agora é ex. Mas ela não está triste exatamente porque gostava dele, mas sim...
"Eu agora tinha me tornado a mulher mais melodramática do mundo, implorando ao idiota do meu namorado para que ficasse, não por achar que estava apaixonada por ele, mas por medo de ficar sozinha, sendo a solidão algo que eu conhecia tão bem."

E qual é o melhor remédio para pé na bunda? Sim, BALADA! 
Mesmo a contragosto, Elle foi a balada por insistência de sua amiga. Chegando lá, Elle se deparou com um homem e uma mulher discutindo, o cara estava bebaço e logo depois, tomou um tapa na cara da mulher sem mais nem menos . O homem não estava nem se aguentando em pé, então Elle decidiu ajuda-lo a chegar em casa. alma caridosa
O nome desse deus grego: Connor Black.
Quando Connor acorda de ressaca e encontra Elle em sua casa, ele acha que eles passaram a noite juntos e a trata com muita indiferença. O cara é terrível! Porém, depois  desse mal entendido, ele a convida para jantar em gratidão por sua ajuda e a partir daqui se inicia uma amizade, com interesse é claro. 
"Connor Black é o CEO da Black Enterprises. É um multimilionário de trinta anos de idade que assumiu a empresa do pai aos vinte e oito. Elle, o cara é um gato, podre de rico..."

Enfim, a partir daqui a história começa. Connor é reservado e Elle um livro aberto, apesar de alguns segredos que ela guarda. 
Elle é independente, corajosa, forte e tem um gênio super forte, e  Connor fica intrigado com essa menina mulher. 
Com o desenrolar da história, sabemos um pouco do que Elle enfrentou no seu passado e porque ela tem tanto medo de ficar sozinha. Connor também não fica atrás, ele é um pouco perturbado e sofreu muito no passado, por esse motivo não deseja um relacionamento serio. Mas Elle, mexe com ele de uma forma que nenhuma mulher mexeu, então ele fica com um pouco de receio de se entregar a paixão. Contudo, ainda tem muitos segredos a ser revelado e será que o amor sobreviverá aos demônios do passado?
" – Só se vive uma vez, portanto é melhor aproveitar o máximo."

O livro é um tipico clichê sessão da tarde, com um leve toque hot. 
Depois do passado ter vindo à tona, a mocinha começou a ficar um tanto chatinha, infantil, enjoada e fazendo as coisas por impulso, o que me irritou um pouco e deu vontade de entrar no livro e dar uns tapas nela... na verdade, ela gosta de brincar de gato e rato com Connor. Ela sabe que está errada, mas a menina é tão cabeça dura e não quer dá o braço a torcer. SENHOR, ME SEGURA
Connor cai um pouco nesse joguinho, e isso me deixou chateada, visto que achei que ele seria mais firme e imponente. Além disso, esse livro tem uma semelhança GRITANTE com outras obras eróticas... Alguns pontos que provam que isso é verídico: Connor obriga Elle a comer, visto que acha que ela não se alimenta direito, não quer relacionamento, CEO, gosta de ter controle sobre tudo entre outras coisas... af

Apesar disso, o livro é muito bom. Connor a salvou, cuidou dela e esteve ao seu lado num momento muito difícil de sua vida e esse apoio foi lindo de ver. 
A leitura é leve e fluida, os personagens são cativantes e apaixonantes apesar do que aconteceu em algumas partes do livro. O final emocionante, contudo, previsível tipico de um clichê. 
O livro é lindo, a editora caprichou na capa, que aliás, tem tudo a ver com a história. Cada capitulo começa com essa imagem da capa e eu achei lindo, parabéns à editora!
No geral, o livro é gostosinho e lindo. Ansiosa pelos próximos livros da trilogia e tenho toda certeza que vocês vão se emocionar com essa história.

"– Você não pode saber se vai ou não viver uma vida longa e feliz, e não importa o que enfrentou antes, e sim o fato de ter sobrevivo. Deus não dá aos Seus filhos mais do que eles podem suportar."

Postado por Marina Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido!