Resenhas

Elena: A Filha da Princesa - Marina Carvalho - #Resenha

11 de julho de 2015

......
Romance - Literatura Nacional
  New Adult






— Não vou a lugar algum. - fico na ponta dos pés e faço essa afirmação diretamente no ouvido dele. — Não vou porque você já sabe, Luka. Eu amo você. E ainda que não me ame de volta, não importa. É bem aqui que pretente ficar.


Elena: A Filha da Princesa é o spin-off (obra derivada de outra já existente) da série Simplesmente Ana escrita pela mineira Marina Carvalho. A série é composta por dois livros o Simplesmente Ana e De Repente, Ana que contam a história de Ana Carina uma garota mineira que descobre ser filha de um rei e princesa de um pequeno país europeu, a Krósvia.

Veja as resenhas dos livros de Ana > Aqui e Aqui.
Apesar de Elena ser um livro independente é aconselhavel não fazer a leitura desta obra sem antes ler os livros da série.
#Contém spoilers dos livros anteriores.

**Antes de começar minha resenha devo dizer: - Alex e Ana, vocês perderam o lugar de casal favorito no meu coração. ( kkk)


Muitos sabem e eu já deixei bem claro o quanto sou fã da Marina Carvalho, essa escritora mineira que me conquistou no primeiro livro de Ana. A Marina pra mim se tornou um grande referência nacional. Os livros são sempre bem escritos, com história envolventes, viciantes e com Elena não poderia ser diferente.

Voltando um pouquinho na história...

Há mais ou menos vinte anos, Alex e Ana em seu felizes para sempre descobriram que teriam um bebê. Ana estava grávida de uma menina, a quem chamaram de Elena, e que Alex apelidou carinhosamente de Slinko (sol em Krosvi) porque sua menininha chegara para iluminar mais ainda sua vida.                        ** Realmente Ana, como não amar esse homem? Rsrs
A história de Elena se inicia aí e ela se tornaria a filha da princesa.

Agora com 19 anos, Elena é uma mulher adulta, linda, e uma princesa totalmente morderna desapegada do luxo, com um espírito livre e de coração generoso. Ela herdou algumas características de Ana, sua mãe, como o enorme coração e a filantropia. Sendo assim, disposta a ajudar os mais necessitados, Elena parte de Krósvia para Nigéria.
Apesar de Elena ser parecida com a mãe, ela tem suas próprias características, o que achei muito promissor na história. Elena é decidida, sabe o que quer para si, quem quer, muito determinada, um tanto, digamos, impulsiva , mas não de um jeito imprudente, sim da forma de ter um espírito livre e realizar suas vontades. Adorei tanto a criação dessa personagem que não a achei chatinha em nenhum momento. - o que não ocorreu com Ana, que me estressou em algumas partes- Elena foi aquela personagem que me cativou e amei do início ao fim.

Bem, Elena estava na Nigéria sendo voltuntária quando seu pai, o lindo Alex, liga para soltar uma notícia inesperada: Ana está gravida aos 43 anos e de gêmeos. ( minha boca aberta :0 ) Elena vai ter irmãos! Mas a gravidez de Ana é delicada e com isso Alex pede para que a filha retorne ao lar, a Krósvia. Elena prontamente atende o pedido do pai. E, não é somente Elena quem está de volta a Perla, Luka, filho de tia Marieva, também está retornado para o casamento da irmã Luce que será realizado no palácio real e estará reunindo toda a família.

— Luka.
Um único nome.
Meu coração pulsa com mais força no peito. A menção ao nome dele me abala com sempre.

O meu também está pulsando, Elena. É o efeito Luka <3 <3 <3

Luka Markov foi o primeiro amor de Elena, o primo de segundo grau, 8 anos mais velho, lindo de viver e que deu o primeiro beijo da nossa princesa. Como não morrer de amores, né Elena? Te entendo querida. Elena fica aflita com a possibilidade de rever Luka após tanto tempo. E, não é que ela tinha razão em estar aflita? Pois é. O reencontro entre esses dois é explosivo!

Elena: A Filha da Princesa é um New Adult, o primeiro que Marina escreve, e que intercala a narrativa entre Elena e Luka. A escrita da Marina já era deliciosa, e ela escrevendo um New Adult então... Minha Nossa! Apaixonante! ( mais, por favor, Marina, Mais)
Um dos melhores New Adults que já li. Sério gente! Me apaixonei muito pela história, pelos protagonistas, pelo romance... ai, por tudo. O livro é muito bem escrito. Palmas para Marina!!! Se na primeira vez foi assim.. Vixe, imagine a segunda, terceira... Delícia ( como diz Luka <3)

Elena me ganhou, mas o Luka... arrebentou meu coração.

Luka é a ovelha negra da família. E só a menção desse apelido já dá para vocês verem que tipo de cara ele é. Siiimmm! Luka Markov é nosso bad boy. Ele foi um garoto muito rebelde durante sua juventude, um verdadeiro garoto problema para a família Markov. Inclusive recebendo a antipatia de Alex.( aceita o genro que doi menos, Alex) Por conta de tudo que passou e aprontou, Luka se retraiu e afastou-se de sua família, principalmente da mãe Marieva, ao longo dos anos. Luka não é um cara do tipo mau, não, ele só teve que lidar com muita M* na juventude. E por causa de suas atitudes as quais geraram consequências, obviamente, Luka se culpa e não se deixa ser feliz.

Elena para Luka era a prima mais nova que ele adorava implicar. Então, ao se deparar com a mulher Elena, Luka fica literalmente de queixo caido e babando pela belezura de corpo escultural.

— Elena! - exclamo, repetindo o nome dela, para ganhar tempo. Ainda não me decidi como devo agir. —  Você está... diferente. - eu ia dizer gostosa , mas refreei a lingua a tempo. A frase não soaria bem aos ouvidos intragáveis de Alexander. 

O Luka é um protagonista muito... interessante, rsrs, e apaixonante. A sua forma de narrar é muito gostosa de ler e muito masculina mesmo. Já tinha sido apresentada a forma masculina de narrar da Marina com Alex no Ana 2, entretanto com o Luka é... Delícia (rsrs), pois diferente de Alex que é bem certinho, Luka é o avesso, complicado, lingua afiada e safado. Sempre me deixando com gostinho de quero mais. ( ah, mais Marina, por favor, mais)

Elena e Luka vão descobrir que a paixão não tem hora e nem lugar para acontecer. E que ninguém pode escapar do próprio destino.

A obra é de narrativa intercalada, como havia dito, deixando Luka e Elena responsáveis por nos contar sua história. E que história! #abana.
Marina dosou muito bem o livro com um romance de tirar o fôlego, com cenas quentes bem escritas sem vulgaridade exprimindo a beleza da paixão entre o casal; Ela trabalhou bem com os outros personagens que são muito importantes para a construção da obra, com os problemas da família Markov, e não deixando de fora o contexto do país em questão. A Krósvia está passando por um período difícil e a Marina soube inserir bem a política neste livro, a dosando no romance do nosso casal explosivo.

Fiquei muito feliz com a leitura de Elena e pude perceber o quanto a Marina Carvalho cresceu horrores em sua escrita. A minha mineira favorita está explêndida a cada livro que leio. Sempre melhorando de forma incrível. ( Marina, você é diva!) #AmoMuito.
Não posso deixar de comentar sobre a capa do livro, que foi publicado pela Editora Galera Record,  e está divina. Lindíssima mesmo. Não só a capa como a diagramação de Elena que está de parabéns. A Galera Record realmente caprichou no livro. Nota 10.

Sei que a resenha ficou um pouco grande, rsrs, mas não poderia medir minhas palavras para um livro que amei muito. E que ouso dizer estou relendo no momento. Porque livro bom é assim pessoal, a gente lê várias vezes, rsrs.

Nem preciso dizer que RECOMENDO Elena: A Filha da Princesa, né? Achei que deixei bem claro na resenha <3 Um leitura indispensável. Principalmente para aqueles que são fãs da Marina e de um bom New Adult.

Xoxo, Ane Bee.

Sinopse: Elena: A Filha da Princesa - Este não é um conto de fadas comum. Sim, existe uma princesa. Não uma donzela, mas uma jovem moderna, preocupada com os problemas de seu tempo. Há também um príncipe. Só não espere que ele seja um perfeito cavalheiro. Afinal, uma pitada de bad boy nunca fez mal a nenhum herói.
Elena, filha da princesa Ana — a brasileira que se tornou herdeira do trono da Krósvia —, já não é mais a menininha apaixonada pelo primo Luka, com quem deu o primeiro beijo aos 13 anos. Cresceu, namorou, viajou o mundo. Mas uma notícia surpreendente a faz voltar para casa... justamente quando obrigações familiares também exigem a presença de Luka.
O reencontro é explosivo. Luka não estava preparado para adulta que a prima tímida se tornou. Uma mulher que sabe muito bem o quer. E quem quer.

Postado por Respire Literatura

Um comentário:

  1. Olá,
    Eu li esse livro e adorei, mesmo não tendo lido Simplesmente Ana e a continuação ainda, achei a escrita da Marina ótima e já quero conhecer mais histórias dela. Assim como você, recomendo a leitura.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!