Resenhas

[RESENHA] O Lado Feio do Amor, de Colleen Hoover

24 de junho de 2015

......
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Classificação: 4.0/5.0
Adicione: Skoob


Esse é o segundo livro que leio da autora, o primeiro foi Maybe Someday, e como já esperado, eu gostei muito da leitura. Quando eu assisti o trailer de Ugly Love (aqui), eu fiquei louca pra ler o livro e não consegui esperar até o lançamento, que está previsto para o segundo semestre de 2015. 
"Corações se infiltraram.
Promessas se quebram.
Regras ficam abaladas.
O amor fica feio."

O livro conta a historia de um romance nada convencional, atípico entre Tate Collins e Miles Archer. Tate tem 23 anos e é formada em enfermagem e, no momento atual ela está de mudança para morar por um tempo com seu irmão super protetor, Corbin Collins, em San Francisco. Ela é independente, vai começar um curso de especialização na área de enfermagem e quer ficar lá provisoriamente, até ela conseguir arrumar um emprego e ter estabilidade. Quando chega ao apartamento de Corbin, se depara com um bêbado a sua porta impedindo sua entrada. Mesmo muito assustada, ela o empurra de todas as maneiras até que consiga entrar no apartamento sã e salva. E adivinha quem é esse bêbado? Sim, Miles Archer!

Miles é da mesma companhia aérea de Corbin, além de ser um dos seus melhores amigos, todos eles vivem no mesmo prédio e será o novo vizinho de Tate.
Miles Archer é um gato, porém, um pouco reservado e frio devido a uma situação que aconteceu no seu passado.


  "Eu não tenho ideia sobre o que se passa pela sua cabeça. Ele nunca sorri. Ele nunca gargalha. Ele não flerta. Seu rosto parece como se ele mantivesse uma armadura entre suas expressões e o resto do mundo."

Depois que passa essa situação constrangedora, Tate oferece uma trégua a Miles e decidem iniciar com o pé direito. Contudo, a atração entre eles é palpavél. Tate praticamente baba todas as vezes que Miles passa, *acho que até eu babaria*. Enfim, a atração é tão grande, tão grande que eles não conseguem se controlar e acabam se beijando. 
Pois bem, eles cedem aos desejos um do outro mas antes Miles propõe duas regra não convencionais para que esse "relacionamento" dê certo:


  "Seus olhos focam nos meus por algum segundos: – Não pergunte sobre o meu passado – ele diz firmemente. – E nunca espere um futuro." 

Tate sabe que isso não vai acabar bem, mas mesmo assim entra de cabeça nessa relação. E é a partir daqui que a história começa. Tate põe na cabeça que com o tempo ela conseguirá conquista-lo mas será que isso vai dá certo?

Miles tem um passado sofrido e esse passado o fez ser uma pessoa que não consegue amar. Simplesmente isso, ele não consegue amar, ele não quer amar e não se acha merecedor do amor. Ele é honesto sobre o relacionamento deles: é apenas sexo. Apenas sexo, nada de sentimentos ou qualquer coisa parecida. 
Por outro lado, Tate está literalmente de quatro pelo Miles. Ela não é ingenua e sabe que ele só quer sexo, mas mesmo assim ela é BR e não desiste nunca rs. Ela está decidida a conquista-lo mesmo que isso a machuque. 


  "O amor nem sempre é belo, Tate. Às vezes, você passa todo o seu tempo esperando que ele será, eventualmente, algo diferente. Algo melhor. Então, antes que você se dê conta, você está de volta ao ponto de partida, e você perdeu seu coração em algum lugar pelo caminho."

Por diversas vezes, fiquei com raiva da Tate por ela nunca dizer não a Miles. Em nenhum momento ela diz não a ele, sempre está disponível e isso me incomodou muito. Será que ela não podia deixar ele com um gostinho de quero mais?
Sei que Miles só queria sexo com ela e nada mais, mas por vezes a tratava como se ela fosse uma prostituta. E ninguém merece ser tratado assim. 

Fiquei me perguntando: o que será que aconteceu com Miles que o vez não querer o amor?
E quando eu descobri, eu fiquei sem chão. E esse segredo só é revelado bem no finalzinho do livro e, apesar de ser uma coisa muito chocante e doloroso, não achei que justifica o que ele faz Tate passar. 
O livro intercala as narrações entre Tate e Miles, ora Tate no presente, ora Miles no passado a 6 anos atrás. Temos também a narração de Rachel, ex- namorada de Miles, que apesar de em um primeiro momento ter muita raiva dela, depois eu a entendi e tive uma admiração muito grande por ela.

No geral, o livro é muito bom. A trama é envolvente e tem uma leitura leve e fluida. Fiquei apaixonada pelos personagens secundários como, por exemplo, o Corbin, e também pelo Cap, um senhor de 80 anos que trabalha no prédio, e Tate nutre uma grande admiração por ele. 
Cabe ressaltar que o livro tem um tem um alto teor sexual e, nossa, fiquei de queixo imaginando o ator Nick Bateman protagonizando essas cenas... ai ai, o cara é muito QUENTE! hahah

Enfim, já no finalzinho do livro temos a narração presente de Miles e sabemos os seus pensamentos, o que o faz faz voltar atrás e mudar de ideia e algumas revelações importantes do passado, além da conclusão desse lindo romance. O livro é incrível, emocionante e fora as ressalvas acima sobre o modo do tratamento de Miles com Tate, o livro é muito bom. É impressionante como o amor pode ser feio trazendo tanto sofrimento, tristeza e etc. Contudo, o mesmo amor ser bom trazer coisas boas e felicidade plena.

  "Ela me amou de volta para vida."

Postado por Marina Santos

10 comentários:

  1. Oi Mari!

    Acho que essa é a primeira resenha que leio de Ugly Love e vi algumas semelhanças com um nacional que li recentemente, O Safado do 105, que resumidamente: mocinha fica apaixonada pelo mocinho que não sabe amar e tem um trauma.
    Em O Safado também senti "o seu passado não é uma desculpa palpável pra mim, sorry moço" como vc se sentiu em UL D:
    Mas friso: só estou comparando esse tópico entre os dois, pq são bem distintos ahasdhuasdhsad
    Vi o trailer de UL e QUE CALOR BRAZEEEL e vou dar a chance de ler esse livro da Colleen \o

    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
  2. Não é um tipo de livro que eu costumo ler, mas algo na história realmente me tocou e me deu vontade de ler, principalmente por não ser um clichê casual, ao menos é o que me passou na resenha. Vou comprá-lo imediatamente.

    ResponderExcluir
  3. Já li o livro :Métrica dessa autora e gostei muuuuuito. Sua escrita é bem envolvente e cativante. Espero q esse também seja assim.

    ResponderExcluir
  4. É um dos melhores livro de romance que já li. *----*

    ResponderExcluir
  5. Eu estou chocada com esse livro... É muito muuuuuuito bom! Não achei nenhum pouco comum, é uma história envolvente e de superação! No meu ponto de vista é o melhor livro da colleen.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou chocada com esse livro... É muito muuuuuuito bom! Não achei nenhum pouco comum, é uma história envolvente e de superação! No meu ponto de vista é o melhor livro da colleen.

    ResponderExcluir
  7. Faz quanto tempo que você possui seu blog? Tem outras pessoas que cooperam com você? COmo eu posso fazer para entrar em contato com você e possívelmente fazer um projto? Sou editor do MelhorAmiga e gostaria de lhe convidar para cooperar! Se tiver interesse pode responder aqui, acho que vou receber a notificação, ou você pode me enviar um email para hugoroger(@)gmail(.)com

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da sua resenha, parabéns!
    E tem como não ficar babando pelo Nick? rsrsrsrs

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido!