Resenhas

[RESENHA] A Morte de Sarai, de J. A. Redmerski

9 de junho de 2015

......
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 255
Classificação: 5.0/5.0 
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob


A Morte de Sarai é o primeiro livro da série Na Companhia de Assassinos, e conta a história de Sarai. Eu estou estarrecida por esse livro pois ele mescla ação, romance e suspense. 

Sarai é prisioneira de um poderoso traficante de drogas e mulheres chamado Javier. Quanto tinha apenas 14 anos, foi levada pela sua mãe, uma viciada em drogas, para viver no México ao lado de Javier. Mesmo antes da mãe morrer, Javier nutriu sentimentos por Sarai, inclusive depois da morte da mãe ele a manteve em um cativeiro para ser usada a seu bel-prazer.


   "...Mas aí fui trazida para cá e tudo isso mudou. Javier dormiu com a minha mãe por uns tempos, mas ele estava sempre de olho em mim..."


Atualmente, depois de nove anos trancada ali, Sarai não tem mas perspectivas de viver uma vida normal. Antigamente, ela tinha sonhos de terminar os estudos, fazer faculdade entre outras coisas que uma garota normal gostaria de fazer. 
Porém, mesmo trancada por tanto tempo, ela nunca desistiu da ideia de fugir ou escapar do cativeiro, das mãos de Javier. É notório que não vive apenas ela no cativeiro. Sarai convive com outras meninas que não tem a mesma sorte de ser "protegida" pelo traficante, ou seja, as outras são usadas, estrupadas e sofrem maus-tratos decorrente dos capangas de Javier. 

Certo dia, um assassino vai à fortaleza para negociar um serviço e Sarai o vê como uma válvula de escape. Minutos depois, ela está no carro do assassino, escondida, sem o consentimento dele. Quando ele entra no carro e logo sente que tem alguma coisa errada, Sarai aponta uma arma na nuca dele e o manda dirigir. 
E é a partir daqui, meus queridos leitores, que a história começa. 

O assassino de aluguel, Victor,  é um homem que foi criado para matar a sangue frio. Ele faz parte de uma Ordem que mata pessoas corruptas e ruins. A princípio, Victor usa Sarai como moeda de troca, contudo, a cada dia que passam juntos, Victor acaba se interessando por ela. 
Porém as coisas não sai como o esperado e Victor acaba querendo ajudar Sarai a ter sua tão sonhada liberdade, para isso, ela precisa de uma identidade e um nome fictício.


   "Hoje sou Izabel Seyfried, 20 anos, de San Antonio, Texas."


Mas será que Javier a deixará em paz? Será que Sarai terá uma vida normal algum dia? Será que ela deseja REALMENTE uma vida normal?

A trama é um pouco sombria, tem muito suspense, ação e mortes o tempo inteiro. A autora mescla isso tudo com um toque de romance e eu fiquei estarrecida. Redmerski não pecou em nada e, em nenhum momento a história ficou parada ou enjoada, sempre indo direto ao ponto, nada de enrolação. 
A trama é narrada tanto pelo ponto de vista de Sarai, quanto de Victor. E assim, podemos observar o que se passa na mente de um assassino. Victor praticamente está sempre alerta, não demostra sentimento e nunca confia em ninguém, com a vida que ele leva, é necessário ser assim. 

No geral, eu amei o livro. A trama muito bem elaborada, a escrita da Redmerski é muito boa, leve e fluida. O livro tem uma capa e diagramação linda e a Suma de Letras está de parabéns. Estou louca pra continuar Na Companhia de Assassinos no próximo volume da série. 

SOBRE A SÉRIE.
A série Na Companhia de Assassinos é composta de cinco livros: A Morte de Sarai (Killing Sarai), O Retorno de Izabel (Reviving Izabel – previsto para julho/2015 pela SUMA), The Swan & The Jackal, Seeds of Iniquity e The Black Wolf (será lançado no USA/2015).

Postado por Marina Santos

4 comentários:

  1. Oeee Mari :3

    Meu, eu li A Morte de Sarai no começo do ano e fiquei d e s m a i a d a com esse livro, pqp. Ele superou todas as minhas expectativas e isso foi sensacional. Eu já gostava da autora por conta da duologia Entre o Agora e o Nunca/Sempre mas Morte de Sarai fez com que eu pagasse um pau pra Redmerski HAUEAUEAUHEAUE
    Ansiosa para o segundo volume da série!

    Beijos :3
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathália. Esse livro é muuuito bom e o segundo é melhor ainda!!! Eu ainda não li entre o agora e o nunca mas quero muuito ler. Bjs

      Excluir
  2. Meu deus, quem leu "Entre o agora e o nunca" JAMAIS imaginaria que ela escreveria um livro assim!
    Parece ser um livro incrível! PRECISO LER! HHAHAHAHAHAHA
    Ótima resenha, viu? Me deixou doidinha aqui! hahaha
    Beijos,
    Sara | Livro de Gente
    www.livrodegente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sara. hahahah No terceiro livro dessa série, a autora já no começo do livro diz q o gênero desses livros não são oq estamos acostumadas a ler dela. É morte, suspense e acima de tudo, incrível. Obrigada!!! Beijos ♥

      Excluir

Obrigada por ter lido!