Resenhas

[RESENHA] Doce Entrega por Maya Banks

6 de abril de 2015

......
Autora: Maya Banks
Editora: Figurati

Páginas: 352
Classificação: 4.0/5.0 
Compre: Buscapé
Adicione: Skoob

Esse é o primeiro livro da Maya Banks que eu leio, e sinceramente, não sabia o que esperar, visto que pelo que eu já ouvi, os livros dessa autora são beeem sensuais. Inclusive, esse não é diferente. Doce Entrega, é o primeiro volume da série Sweet, um romance erótico, intenso e com um toque de suspense policial. 

   "Às vezes, o primeiro passo para assumir o controle é se render..."

Gray Montgomery é um policial do Texas que teve seu parceiro, Alex, morto injustamente em uma missão. Montgomery estava afastado do seu cargo, e agora aguardava aprovação do médico para sua condição física e uma avaliação psiquiatra para voltar a ativa e pegar o assassino de seu parceiro. Assim, ele prestes a voltar sua vida como policial, quando Mick Winslow entrou em contato com ele.

   "O assassino de Alex tinha que ser capturado. A justiça precisava ser feita."


 Mick, pai de Alex, era um ex-policial aposentado e não aceitou bem a morte do filho, ou seja, ele está com sede de vingança, quer que o assassino pague pela morte de Alex. Contudo, Mick acha que o departamento de policia está fazendo pouco caso com a morte do filho, de modo que ele começou a investigar por conta própria. Mick dedicava cada hora do dia a achar o assassino de Alex, por essa razão, agora precisava da ajuda de Gray. 
Com essas investigações por contra própria, Mick descobriu que havia um suspeito na cena do crime, e ele tinha absoluta certeza que esse suspeito tinha matado Alex dando-lhe um tiro pelas costas. O suspeito era Eric Samuels, e a namorada dele tinha uma filha, Faith Malone, que sempre ligava para filha quando estava com problemas ou precisava de dinheiro. 
Faith era a unica ligação ou pista para achar Samuels. Ela trabalha para seu pai adotivo, Willian Malone, o Pop, que é proprietário da 'Malone and Sons Security', uma empresa bem sucedida no ramo de Segurança. 

Faith viveu uma vida muito conturbada, a mãe era viciada e na maioria das vezes Faith teve de trabalhar para conseguir alimento e um teto. No entanto,depois da mãe ter uma overdose, Malone interferiu e levou Faith para Houston, onde ela vive atualmente. Porém, esporadicamente a mãe liga pedindo dinheiro,e Mick acha que se Gray se aproximar de Faith, ela pode levar a Samuels por intermédio da mãe. 
Assim, Mick consegue um emprego para Gray na empresa do Malone, com a desculpa que Gray está de licença enquanto enfrenta a morte do parceiro e decide se quer ou não voltar a sua antiga vida como policial.

   "O Alex vai ter a justiça que merece, Mick. Eu juro."


Assim, Gray vai para Houston, conhece Pop Malone, Connor, Nathan e Micah que trabalham como agentes de segurança da empresa, e por fim, conhece Faith Malone. Alias, os meninos (Connor, Nathan e Micah) são super protetores com Faith devido a sua infância complicada.
Como eu já havia dito, Faith teve uma infância um pouco difícil mas sua vida começou a mudar a partir do momento que ela foi adotada por Pop. Ela se tornou uma mulher sucedida, atraente e meiga. Entretanto, ela não é feliz no amor, digo, ela não sabe o que quer quando o assunto é sexo.
Faith quer coisas que nenhum homem com quem ela se envolveu conseguiu lhe dar, digamos que ela quer ou/e PRECISA de um homem dominante

   "A sutileza não a favorecia. Nunca a havia ajudado com os homens com quem havia se relacionado. Torcer e esperar não era o caminho. Não, tinha que ser mais proativa. Mais exigente. Se não deixasse claro o que queria, como poderia ter uma chance de conseguir?"


Além de ser frustada quando ao sexo, ela ainda tem que lidar com a mãe que ainda a procura pedindo dinheiro. Porém, Faith está decidia a não ajudar mais sua mãe, fazendo isso, ela não sabe o perigo que está correndo.
Por outro lado, quando Gray e Faith se conhece, a atração entre eles é visível. Basicamente, Faith vê em Gray o homem forte e dominante que ela tanto procurava. Contudo, Gray está decidido a não se envolver com ela, pois fazer justiça a morte do seu parceiro é sua prioridade. Mas quem disse que ele consegue? Por vez ou outra, Gray se compara a mãe de Faith, visto que a mãe a usa para conseguir dinheiro e Gray, para achar o assassino do seu parceiro. Mas será que ele consegue viver com essa culpa?

   "O fim não justifica os meios. Se pegasse o assassino de Alex, tudo isso valeria a pena. Até a raiva de Faith. 

Se estava realmente convencido disso, porque a culpa pesava tanto, então? Por que imaginava o sorriso doce de Faith, lembrava a sensação de pele contra a dele, dos lábios nos dele? E por que queria mais?"

Mas tudo isso se põe a prova até o momento que Faith corre perigo. Ai que ele percebe que fará de tudo para protegê-la.

Sendo assim, eu gostei muito do livro. Maya Banks me surpreendeu com uma história doce, muito sensual e intensa. Os protagonistas são cativantes, cada um com sua característica. Inclusive, eu gostei muito a relação de "família" que existe na empresa, tomando conta uns dos outros e priorizando a felicidade de Faith. Além disso, ela é uma mocinha muito firme, pé no chão, que apenas quer se libertar, tanto da sua vida sexual como da sua mãe. A trama é rica e cada passo do policial Gray nos faz ficar ansiosos para saber quem é o assassino, apesar dele ser bem previsível. Eu nunca tinha lido nenhum livro que misturasse suspense policial com erótico, e eu amei a conclusão que teve.

Entretanto, teve momentos que a autora só focava no romance erótico, e deixava de lado a parte policial. Apesar da história ter um final concreto, me deixou com um gostinho de quero mais. Além disso, um ponto que me incomodou um pouco, visto que não estou muito acostumada, que é a submissão sexual e dominação. Nossa essa parte foi a mais complicada para mim, pois Faith se submeteu a coisas que foi meio difícil de engolir. Não me leve a mal, apenas ainda não estou acostumada com essas coisas e devia ter me preparado antes rss
Porém, estou curiosa para saber mais sobre esse tipo de livro e com certeza, vou ler mais livros dessa autora. 

No geral, gostei muito do livro, e me apaixonei pelo casal. Cabe ressaltar, que a submissão e dominação é um ponto forte do livro, quem não está acostumado, se prepare. E recomendo para os amantes desse gênero. 

SOBRE A SÉRIE;
A série 'Sweet' já possui seis livros publicados são eles: Sweet Surrenter, Sweet Persuasion, Sweet Seduction, Sweet Temptation, Sweet Possession e Sweet Addiction. O primeiro e o segundo volume respectivamente, Doce entrega e Doce persuasão, já estão publicados aqui no Brasil pela Figurati, selo da Novo Século.  As histórias são independentes, mas elas são interligadas, então é bom ler na ordem.

Postado por Marina Santos

Um comentário:

Obrigada por ter lido!