Resenhas

As Batidas Perdidas Do Coração - Bianca Briones [#Resenha]

23 de setembro de 2014

......
Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.


Literatura Nacional
New Adult
Romance

Ninguem está a salvo da dor. Ninguém está a salvo do amor. Ninguém está a salvo da circustancias da vida.

Bianca Briones é a nova pedida New Adult nacional da Verus e posso afirmar que a editora foi muito feliz com sua escolha. Bianca provou ser uma escritora talentosa e que veio para engrandecer nossa literatura. Dançando o samba do crioulo doido aqui ô ;)
Enquanto eu lia só pensava: É nacional! É nacional! É nacional! 
Com uma narrativa deliciosa e um enredo impressionante, As Batidas Perdidas do Coração chegou para marcar Bianca como uma grande escritora de romance nacional.

Ainda nem consigo acreditar que terminei essa leitura. Melhor dizendo: ainda nem consigo acreditar que isso foi um livro. Vivi cada personagem, cada sentimento, cada emoção como se tudo fosse real. Não li a história, li vida. Me aproximei tanto da obra que senti na pele os personagens como se eu estivesse presente na história, dentro do livro. Meu coração sangrou e perdeu varias batidas ao longo da leitura. Demorei com o livro porque simplesmente não queria que a história acabasse. Em As Batidas Perdidas do Coração eu não devorei as palavras, como costumo fazer, eu as aprecie e degustei a cada minuto. Terminei minha leitura com o peito pesado e regado em emoções. Apesar de respirar um pouco mais aliviada, já sinto saudades do casal que me abalou e conquistou meu coração. 

Viviane acaba de perder o pai para o câncer e vê sua mãe enfrentar numa dura depressão. A vida perfeita e estável que Vivi tinha, começa a se despedaçar diante de seus olhos.
A perda e a dor fazem parte da nova realidade de Viviane. 
A perda e a dor fazem parte do mundo que Rafael conhece. 
Anos atrás Rafael perdeu o pai num brutal assassinato, o que o marcou para para sempre. Além de não superar a morte do pai, agora Rafa se depara com um acidente, causado por um motorista inconsequente, que custou a vida de quatro membros de sua família, incluindo sua irmã de quinze anos. Apesar de pertencerem a "classes sociais" diferentes e serem opostos, Viviane e Rafael sentem um atração inegável. A dor apareceu para eles de diversas maneiras e a dor foi o que os uniu num sentimento poderoso e avassalador. Seus mundos colidem numa intensa conexão que pode salva-los ou condena-los.


A narrativa do livro fica nas mãos de Rafael e Viviane o que é marca do gênero New Adult. Acho que nem preciso mais expressar o quanto a narrativa dupla proporciona o leitor a mergulhar mais na história, o quanto ela nos deixa mais íntimos dos personagens. ( ops, acabei falando de novo).
E é exatamente isso que torna a história de Bianca visceral. O fato de conhecermos Vivi e Rafa tão profundamente, vendo suas dores, fraquezas, seus verdadeiros eus, nos aproxima tanto da obra que acabamos fazendo parte do enredo. Como se a dor que um e o outro sentem afetasse diretamente nossos corações. É possível sentir a história no cru, em sua essência e compreender toda a mensagem passada por Bianca.

No começo do livro já nos deparamos com a perda de Viviane e logo em seguida com a de Rafa. Percebemos o quanto eles estão sofrendo por suas recentes perdas.
Viviane não me agradou muito no inicio de suas narrativas porque eu a achava um pouquinho mimadinha. E odeio personagens assim. Mas tudo tem um ponto e um porquê. Ao longo da trama vemos como Vivi é forte e não a patricinha frágil que aparentava ser. O amadurecimento de Viviane é gostoso de acompanhar. Passei admira-la e ama-la loucamente.

Já Rafael é tudo e mais um pouco do que aparentava ser. Um tremendo Bad Boy com uma placa gritante escrito: " PERIGO" sub aviso: "Não se aproxime." Mas o sexo é do caralho! Rs. Não tinha como não citar isso. Ri muito quando li. Rafael é super intenso e ao mesmo tempo extremamente divertido. Ao contrário de Vivi, Rafa me agradou num piscar de olhos. É impressionante como esse tipo de cara ganhar lugar cativo em meu coração. Creio que isso ocorre pelo fato deles serem cascas grossas. Demonstrarem serem o os reis da cocada preta, no entanto por dentro de todos o marrentões, existem um garoto frágil e que sofre como qualquer outro. O amadurecimento de Rafael é prologado e foi isso que o tornou fascinante. O crescimento de um cara que a vida adora maltratar.

A forma como a Bianca narra é leve, porém intensa. O drama é o subgênero que acompanha o New Adult e Bianca usou e abusou dele da melhor forma. Nunca imaginei que a autora levaria a história a determinados lugares e a pontos altíssimos. Pelo fato da narrativa ser envolvente e simples, a Bianca consegue nos leva na palma da mão e quando menos esperamos ela vai e puxa nosso tapete. Ficamos assim: :O :O :(  :(

Teve momentos em que meu peito chegou a doer, latejar. Sabe aquela sensação de angustia extrema? Um sentimento intenso que por vezes me deu vontade de chorar. E, claro, eu chorei. Quis entrar na história e resolver tudo. Tira toda perda, todo problema, toda dor e dar um final feliz para o nosso casal, porque eles merecem. Mas não há como se livrar da perda, da dor. É preciso lidar com elas, encara-las. E é isso que faz o livro de Bianca ser intenso e comovente. A forma como os personagens lidam com a dor. A forma como eles amadurecem com esse sentimento devastador.

Além de Rafa e Vivi e seu amor viciante, também temos personagens secundário que são como balinhas de açúcar. Impossível de resistir e sempre pedimos mais. Isso foi outra coisa que marcou a Bianca. Ele não deixou o "mundo" girar em torno do casal principal, ela expôs a vida e os sentimentos dos outros. Lucas, Rodrigo, Branca, Fernanda, Lex, Bernado... Ah, foram tantos que também fizeram meu coração perder batidas. É preciso ter um livro deles, Bianca. Isso não é uma indireta, é um pedido Oficial, ok?

Apesar do livro ter o drama como enfoque principal, a Bianca não foi cansativa em sua narrativa. Tivemos momentos engraçados e muito românticos. E bota romance nisso. Um delicia de se ler. Ah, não posso deixar de fora os momentos picantes, hot hot, do livro. A autora encaixou a pegada sexy no time perfeito firmando a história como um New Adult.

O livro também é repleto de toques musicais. E como sou movida a musica, eu apreciei muito todo o cuidado de Bianca na playlist. A cada capítulo temos um trecho de musica e que reflete muito bem sobre como será o decorrer da trama naquele momento. As musicas definem o time dos personagens. Achei isso super promissor e de um engrandecimento ímpar para a história.

As Batidas Perdidas do Coração é uma pedida indispensável para quem gosta de um bom New Adult cheio de romance, drama e cenas hot. O livro é bem escrito, emocionante e viciante. A leitura flui tão bem que o tempo parece voar de foguete. Viviane e Rafael são personagens bem construídos e inesquecíveis. Parabenizo a Bianca por sua obra tão boa e consistente . Parabenizo a editora Verus pela capa lindíssima e agradeço também por presentear nossa literatua com a escrita mágicade  Bianca Briones.

E que venha mais de Bianca!!!

Quotes favoritos>>


" O tempo é capaz de desfocar as nossas dores e nos distrair com a vida que segue, mas a dor nunca some por completo. Nós a colocamos em um arquivo do coração e evitamos mexer nela."

"Retomo o caminho, ciente de que tenho duas escolhas: me afastar de vez ou pegar essa menina de jeito"

"Sou mais do tipo: "Não sou bom pra você, sou perigoso, mas o sexo é do caralho!""

"E agora, enquanto ela ressona baixinho, sou o cara mais feliz do mundo. Sexualmente frustrado e com uma puta dor no saco, mas feliz."

"Você sabe onde me encontrar. Vou estar esperando.
Porra! Acho que vou estar sempre te esperando.

Rafa, 
O cara durão que se apaixonou pela menininha."

Meu favorito best ever>>
Meu pai dizia que, quando descobrimos que estamos apaixonados, o coração fica tão assustado que pula um batimento, como se estivesse se preparando para todas as variações de velocidade que vai ter que enfrentar a partir daí. É o que ele chamava de "batidas perdidas do coração". Segundo ele, o coração nunca recupera o ritmo correto até se encontrar no peito de outra pessoa.

Minha música favorita>>


3 Doors Down – Here Without You – Na versão de Boyce Avenue.


Love&Hugs, 
Ane.

Postado por Respire Literatura

6 comentários:

  1. Ane Bee!!! Você nem sabe que fiquei uma semana inteirinha ouvindo falar desse livro. A Taty me falou tanto, me deixou tão louca por ele que estou necessitando rsrsrs.
    Ai me vem a surpresa de pegar uma resenha do próprio aqui. Confio muito em tudo que escreve, e agora tenho certeza que não é exagero da minha cunhada apaixonada por Bad Boys, realmente eu preciso conhecer essa história.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;Biahh!!!

      Hahahahahahaha!
      Taty e eu temos os mesmos gostos literários! Amamos uns bad boys. <3
      Ahhh, obrigada pelo carinho e por sua confiança. Fico muito feliz ao ler isso <3< 3
      A história é muito boa mesmo, Bia e muito tocante também. Ao menos foi comigo. A Bianca é um talento que vai longe. :)

      Obrigada pela visita!
      Bjos,
      Ane

      Excluir
  2. Adorei a resenha Lady Ane! Esse livro já tinha ficado passando pelos meus olhos algumas vezes, e em todas eu parava para apreciar mais. Se já queria lê-lo, depois dessa descrição perfeita de sentimentos, a minha única certeza é a de NECESSITO desse livro!


    The Queen’s Castle, Ana P. Maia ♛
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rainha!

      Que bom que gostou. Apenas resenhei aquilo que achei. Sou sempre sincera nas minhas resenhas. :)
      Você Necessita mesmo!!1 É muito bom, vai amar!
      Muito gosto de ler e bem emocionante!

      Obrigada Queen,

      Bjos,
      Ane

      Excluir
  3. Oi, linda! <3
    Ain, meu coração perdeu batidas com essa resenha.
    Que amor!
    Adorei.
    Teremos outros livros neste universo.
    O livro que conta a história do Bernardo já está escrito e o do Rodrigo é o próximo.
    Obrigada pelo carinho de sempre.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee!

      Bianca, obrigada por vir visitar o cantinho!
      Serio?!
      Nem posso acreditar que outros livros virão! Já roendo as unhas de ansiedade! <3

      Como? Bernardo? OMG! Quero muito! A história ficou tão tensa entre e ele e vocesabequem!
      Preciso de um livro dele!
      Tipo, pra ontem!

      Você é uma ótima escritora e merece.

      Mil beijos,
      Bee

      Excluir

Obrigada por ter lido!