Resenhas

Entre o Agora e o Nunca - J.A. Redmerski

10 de novembro de 2013

......
Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre o agora e o nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Bem, esse é um dos meus livros favoritos também. É difícil pra mim porque quase todos os que leio se tornam prediletos (kkkk). Entre o agora e nunca foi os dos livros mais badalados nos EUA e muito falado no Good Reads ( entro nesse site quase toda semana). Esse foi o meu segundo livro lido esse ano e eu comecei a lê-lo assim que terminei o Belo Desastre e simplesmente amei. O gênero do livro é um New Adult( hot) e os nosso mocinhos Camryn e Andrew intercalam na narração da história.

Além dos seus problemas familiares, Camryn descobre que o namorado de sua melhor amiga está a fim dela. Ela fica sem chão, sem saber o que fazer e então, compra um bilhete de ônibus para um viajem com o destino. Camryn precisa de espaço, de tempo, precisa pensar na vida e essa viajem pra ela é um processo de fuga, de procura e de descobrimento de si mesma. O que ela não esperava era encontrar um estranho incrivelmente sexy no mesmo ônibus que ela. Andrew está nessa viajem porque não quer pensar na dor e conhece Cam. Ele fica curioso em relação a ela e quer saber o porquê de uma garota tão linda está viajando sozinha.

Eles ficam vão criando uma certa amizade durante o trajeto do ônibus ao ponto de se sentirem tristes pensando no fim da viajem. Eles fazem um acordo e caem na estrada juntos numa viajem inesquecível. Eu adorei o livro por um monte de motivos, o Andrew tem um extinto protetor, é amigo e se interessara pelo bem estar de Cam. Ele é quente, muito quente e brincalhão, tem a combinação perfeita e tem umas covinhas na bochecha que desestabilizam a Camryn.

Os dois tem problemas e isso faz com que eles se aproximem mais. Andrew revela a Cam um mundo divertido onde pisar no acelerador e deixar o destino decidir a próxima parada é tudo que importa. Não pensar na vida e nem nos problemas apenas curti o momento juntos. O que começa com uma amizade vira algo muitoooooo mais. Eles se sentem atraídos um pelo outro desde que se conheceram e a amizade para os dois acaba não sendo o suficiente. Andrew a quer e ele fala uma frase que para mim é a mais perfeitada de todas.

Se você me deixasse transar com você, teria que me deixar possuí-la de corpo e alma.

Ele quer fugir e ela se achar e ele se redescobrem juntos. O livro é lindinho e já deixou muitas saudades. Os dois são muito parecidos e se completam perfeitamente. A música está presente no livro e eu adoro quando isso acontece. As cenas quentes são boas e sem aquela coisa insistente e é romântico também. Eu só achei um defeito nele que foi o último capítulo, mas isso não faz o livro ruim. Eu recomendo o livro, ele te cativa, a leitura é levíssima e coloquial. A capa é linda e se encaixa no texto (amo isso).

Cotação:

Classificação: Maiores de 18 anos.


Bee




Postado por Respire Literatura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido!