Resenhas

De repente, o amor - Susan Fox

5 de novembro de 2013

......
Aos trinta e um anos, a sorte de Kat Fallon com os homens já se mostrou longe de ser algo positivo. Mas quando ela convida seu melhor amigo e vizinho Nav Bharani para ser seu par no casamento de sua irmã mais nova em Vancouver, ela não imagina que está para embarcar na maior surpresa de sua vida... Nav é apaixonada por Kat desde que ela se tornou sua vizinha, e quando ela diz para ele que adora viagens de trem, principalmente pela possibilidade de "conhecer" estranhos, Nav bola um plano para ganhar o coração de Kat. Em cada parada do trem durante a viagem ele aparecerá disfarçado como "um desconhecido sexy". Kat cai nesta brincadeira sensual, mas o que começa como uma simples diversão transforma-se em algo mais denso e Kat se vê em dúvida se permanece em suas fantasias sexuais de solteira ou investe no seu par perfeito. Sexy, divertido, intrigante... Susan Fox é um dos novos talentos da ficção erótica.




De repente, O amor é o segundo livro da série Wild Ride To Love.  A estrutura do livro é bem dinâmica, pois tem dois pontos de vistas o da Kat e do Nav ( narrado em terceira pessoa).

Kat Fallon é a protagonista feminina e que não me agradou muito e vou dizer o porque. Bem, eu achei ela meio bobinha e muito fútil. Ela escolhe seus namorados pela aparência, somente caras bonitos, com roupas de marcas e status social. Achei ela meio dramática visto que é uma mulher independente(e ela tem 31 anos né). 

Nav Bharani é o nosso protagonista masculino e que me agradou por completo(kkkkkk). Ele é indiano( tem a pele morena, cabelos caracolados e compridos e é todo músculo. Idealiza isso??? Exatamente) , fotógrafo e vizinho de Kat há dois anos. Ao contrário de Kat ele é simples e não se importa com a aparência. Ele nutre por ela um amor desde que a conheceu e esse sentimento é bem perceptível na narração. Nav é apaixonante. Kat sente uma atração por ele, mas preferiu não levar isso adiante porque segundo ela sua amizade com Nav acabaria.

Após terminar o namoro, Kat convida Nav para ir com ela no casamento de sua irmã. Ao aceitar seu pedido Nav tem uma ideia brilhante, ele vai se caracterizar de homens diferentes no trem para conquistar Kat. É claro que ele sabe que Kat vai descobrir que é ele, mas ele quer que ela aceite a proposta. No inicio eu achei meio estranho. Como você sai com o alter-ego do seu melhor amigo sabendo que é ele mesmo? Sabe o que é mais louco ainda? É ela ter aceitado a brincadeira.


O livro é erótico, porém não é aquela coisa insistente e cansativa. As cenas quentes foram muito bem construídas, a Susan conseguiu passar todos os detalhes hots sem que você ficasse vermelha ao ler (creia isso já aconteceu comigo) e sem insistir e aprofundar muito aquelas cenas bem íntimas. 

O Nav é simplesmente maravilhoso, um companheiro charmoso, quente e muito romântico. Embora seja um livro erótico o romance se faz fortemente presente e foi isso que mais gostei no livro. O legal é perceber as mudanças que vão ocorrendo com a Kat ao longo do texto. Apesar de algumas partes terem ficado meio confusas como os capítulos em que a Kat troca e-mails, o livro foi completo. Não teve nenhuma parte em que a leitura se tornou cansativa. A narrativa é simples e fácil.


Recomendo muitoooooo o livro. Eu amei todo ele . O Nav é sensacional, um homem e tanto. A autora está de parabéns pela obra e a Editora Gente pelo formato e pela capa do livro. Não vejo a hora de ler a sequência De repente, é ele.

Classificação : Maiores de 18 anos.

Cotação:

Bee




Postado por Respire Literatura

Um comentário:

Obrigada por ter lido!