Resenhas

Como (Quase) namorei Robert Pattinson - Carol Sabar

21 de novembro de 2013

......
Aos 19 anos, Duda é literalmente viciada na saga Crepúsculo. Já perdeu a conta de quantas vezes leu os livros da série e assistiu aos filmes. Através de um perfil secreto na internet, ela se comunica com outras fãs do Crepúsculo que, assim como ela, estão totalmente convencidas de que não há garoto no mundo que valha um dente canino do vampiro Edward Cullen.
Sua obsessão ganha fôlego com uma temporada de estudos em Nova York, onde ela faz planos mirabolantes para conhecer pessoalmente Robert Pattinson, o ator que interpreta o vampiro nos cinemas. Mas, após um incidente com seus únicos (e insubstituíveis!) livros da saga, Duda entra em verdadeiro surto de desespero. Percebe, então, que uma mudança radical em seu comportamento “crepuscólico” é mais do que urgente.


  Chick Lit
Classificação: Livre
Cotação:
 
Mais um vez eu estou muito feliz porque esse livro é ótimo e é de uma escritora brasileira a Carol Sabar. O livro foi publicado pelo editora Jangada em 2011. Eu o li em e-book na época e ainda não comprei o livro impresso(sem grana gnt). O título do livro já te diz tudo né, ele faz referencia a série Crepúsculo, mas não olhe com preconceito você que não gostou da série e não pense que é uma história da Bela e blá blá blá porque não é. O livro é uma comédia romântica deliciosa e cheia de aventura.
A história toda gira em torno da Duda que tem 19 anos, mora no Rio de Janeiro( minha cidade querida), faz jornalismo na PUC e que é completamente viciada em Crepúsculo, mas na verdade ela é fanática pelo Robert Pattinson( o vampiro gostoso- palavras dela, não minhas). No início do livro eu meio que fiquei enjoada confesso, porque ela é obcecada mesmo, tipo, coisa de outro planeta. Mas assim que eu fui lendo os capítulos, percebi que essa obsessão vai sendo reduzida e se torna uma pequena parte na vida de Duda.
Robert Pattinson continua se aproximando. E mais. Seus olhos estão fixos você-sabe-onde(minha mão direita está agarrada à taça e eu estou sem a parte de cima do biquíni).

Para treinar seu inglês,( no que ela é péssima) Duda viaja com a irmã e a prima para Nova Iorque para fazer um intercâmbio de 6 meses. Chegando lá ela sempre fica atenda nas ruas para ver se encontra uma celebridade ou um ''tal'' famoso. O que ela não contava era conhecer o vizinho de seu apartamento, Miguel Defilippo que é a cara do Robert Pattinson. Duda fica chocada e ao mesmo tempo curiosa a respeito dele. Miguel é um cara lindo, charmoso, legal, porém muito misterioso. Ele e Duda passam por bons momentos juntos.

A Duda é simplesmente engraçadíssima, ela é uma personagem introspectiva e muito irônica com seus pensamentos. Você praticamente se vê dentro da cabeça dela e isso é muito divertido. Gente, eu ri muito mesmo com ela, também com os personagens secundários e as muitas aventuras e roubadas em que Duda se mete. Ela é humorada ao extremo e eu a adorei. Embora o livro seja bem grande( 464 páginas), a leitura voa, passa tão rápido que quando você vê... Puft! Acabou. Eu leria uma sequência com certeza porque o livro é muito bom. Se você quer rir, se divertir, e ri mais ainda, leia esse livro. A Carol Sabar foi muito feliz em sua história e na construção de seus personagens.



Bee

Postado por Respire Literatura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ter lido!